COBERTURA ESPECIAL - Aço - Leopard 1A5Br - Terrestre

09 de Dezembro, 2009 - 12:00 ( Brasília )

CMS recebe mais de 200 carros de combate

Carros de Combate Leopard 1 A5 chegam no Porto de Rio Grande neste final de semana.

Nota divulgada pelo CMS



CMS recebe mais de 200 carros de combate
Carros de Combate Leopard 1 A5 chegam no Porto
de Rio Grande neste final de semana.


O Exército Brasileiro, por meio do acordo de compra e venda e de apoio, firmado entre a República Federal da Alemanha e a República Federativa do Brasil, adquiriu os seguintes Carros Blindados da família Leopard: 250 Viaturas Blindadas de Combate Carro de Combate (VBC CC) Leopard 1A5 BR , sete Viaturas Blindadas Especializadas (VBE) Socorro Leopard 1 BR, quatro VBE Lançadora de Ponte Leopard 1 BR, quatro VBC Engenharia Leopard 1 BR e quatro VBE Escola par Motorista Leopard 1.

O recebimento das primeiras viaturas manutenidas, na condição “pronta par o combate” será realizada neste final de semana, 12 e 13 de dezembro, no Porto de Rio Grande. Tais viaturas irão mobilizar as Organizações Militares do Comando Militar do Sul (CMS) orgânicas das Brigadas Blindadas e Mecanizadas, possibilitando a atualização do seu principal Material de Emprego Militar, o Carro de Combate. As viaturas estão previstas para desembarque no final do dia de sábado e o seu transporte a partir de domingo por meio de carretas do CMS para o Parque Regional de Manutenção da 3ª Região Militar localizado em Santa Maria.

Nesta primeira carga estão previstos a chegada de:

- um conjunto simulador para adestramento de um Pelotão de Carros de Combate;
- quatro simuladores para guarnição de VBC, tipo “Table Top”;
- sete VBE Socorro Leopard;
- quatro VBE Lançadora de Ponte Leopard;
- quatro VBE Engenharia Leopard; uma ponte de pequena brecha;
- duas pontes;
- uma torre didática e,
- 29 VBC Leopard 1A5.

A VBCCC Leopard 1 A5 BR é a versão mais moderna da série Leopard 1, agregando, às características das versões anteriores, aperfeiçoamentos no sistema de tiro, de optrônica e de torre. Esta última encontra-se protegida com uma blindagem suplementar contra efeitos das granadas de carga oca.