COBERTURA ESPECIAL - Aço - Leopard 1A5Br - Terrestre

11 de Dezembro, 2013 - 22:45 ( Brasília )

Militar do 4° RCB desenvolve projeto de simulação de torre de carro de combate


O 2º Sargento Wandré de Carvalho Pobel,do 4º Regimento de Cavalaria Blindado (São Luiz Gonzaga-RS), desenvolveu o Ambiente de Simulação de Torre (AST), utilizando os componentes da torre real, em ambiente aberto, que possibilita a transmissão de informações acerca dos procedimentos adotados no interior da torre de uma Viatura Blindada de Combate/Carro de Combate Leopard 1 A1 (VBC/CC Leopard 1A1) aos militares integrantes de uma turma de instrução.

A transmissão de conhecimento dentro da torre real CC Leopard 1A1 tem sua didática prejudicada, por permitir que, somente um instruendo por vez, receba a instrução sobre conteúdo da matéria, além de concorrer para o desgaste dos componentes, quando uma turma de instrução reúne um grande número de militares, como acontece nos Cursos de Formação de Cabos (CFC) e Formação de Soldados (CFSd).

O AST permite que os militares da guarnição de um CC Leopard 1A1, constituída do comandante do carro, motorista, atirador e auxiliar de atirador, tenham contato com os componentes internos da VBC, antes de entrarem no carro de combate. A facilidade proporcionada pelo AST concorre para o aprendizado mais efetivo do manuseio dos equipamentos e o desenvolvimento de habilidades, em momento anterior à operação real dos dispositivos da referida viatura blindada de combate.

O AST permite, ainda, a economia de combustível e a redução do risco de ocorrência de acidentes e eventual danos por imperícia dos instruendos uma vez que, para a utilização dos instrumentos da viatura blindada, o carro de combate precisa estar ligado para não descarregar as baterias e os instrutores e instruendos ficam expostos, desnecessariamente, ao ruído produzido pelo motor da VBC.