COBERTURA ESPECIAL - Aço - Leopard 1A5Br - Tecnologia

30 de Agosto, 2013 - 20:11 ( Brasília )

Exército e UFSM Formalizam MoU



Ricardo Bonfanti
Repórter UFSM


A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e o Exército, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), formalizaram na sexta-feira (30) um acordo de colaboração mútua nas áreas de engenharias, sistemas, inovação tecnológica e capacitação de recursos humanos que deve estimular a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico na universidade.

A assinatura do memorando de entendimento ocorreu no Centro de Instrução de Blindados (CIBld) de Santa Maria, com as presenças do reitor, Felipe Müller, e do general Sinclair Mayer, chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) do Exército, que veio de Brasília para o ato.

A UFSM é a primeira universidade do Rio Grande do Sul a firmar acordo deste tipo com o Exército. No Brasil, é uma das poucas. “Mas este é o maior com relação ao volume de intenções”, afirmou Mayer, destacando que o Exército tem uma grande demanda e precisa do trabalho em conjunto com as universidades.

O memorando também é inédito no sentido de ter como objetivo concreto o desenvolvimento de dispositivos de simulação. O general disse que a importância da UFSM na área tecnológica foi decisiva. “Temos absoluta confiança que a UFSM responderá de maneira muito produtiva”, afirmou.

O reitor, Felipe Müller, lembrou que as tratativas entre a universidade e o Exército começaram há mais de três anos, e ressaltou a importância da assinatura. “Estamos fazendo história”, disse. Ele enfatizou que a UFSM, desta forma, mostra sua capacidade, pois possui arcabouço tecnológico, e que o trabalho a ser desenvolvido será em prol da soberania nacional.

Memorando prevê diversas ações

As ações previstas no memorando de entendimento incluem o intercâmbio de informações técnicas, atividades de pesquisa e desenvolvimento científico-tecnológico, pesquisas básicas e aplicadas, uso compartilhado de laboratórios, capacitação e treinamento de recursos humanos, implantação e realização de cursos e estudos, prestação de serviços especializados e eventos considerados de interesse comum.

Segundo o chefe do Departamento de Eletrônica e Computação (DELC) da UFSM, professor João Baptista Martins, o acordo vai possibilitar a execução de projetos de equipes multidisciplinares do Centro de Tecnologia (CT), envolvendo áreas como simulação, software, tolerância a falhas, inteligência artificial e banco de dados. “Vamos ajudar a desenvolver uma tecnologia nacional para defesa e estratégia nacional”, afirma.

Entre os primeiros projetos a serem executados estão a modernização de um dispositivo de simulação e engajamento tático e a criação de um simulador para treinamento com o tanque Guarani. Inicialmente, oito professores e cerca de 20 estudantes dos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia da Computação e Ciência da Computação estarão envolvidos. O curso de Sistemas de Informação também terá participação futuramente.

O memorando prevê prazo de cinco anos para execução dos projetos, podendo ser prorrogado. Os valores a serem repassados pelo Exército vão depender da demanda.

General recebeu Medalha do Mérito Universitário

Antes da assinatura do memorando de entendimento, o reitor, Felipe Müller, entregou a Medalha do Mérito Universitário ao chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) do Exército, general Sinclair Mayer, pelas relevantes ações desenvolvidas entre o DCT e a UFSM em prol da soberania nacional. “Estou acostumado a receber medalhas militares, e é uma honra receber desta renomada instituição de ensino”, agradeceu Mayer.

Também participaram da solenidade o comandante da 3ª Divisão de Exército, general Geraldo Miotto, e o vice-chefe de Tecnologia da Informação e Comunicações do DCT, general Juarez de Paula Cunha, além de outras autoridades civis e militares e professores da UFSM.