COBERTURA ESPECIAL - Le Bourget - Aviação

17 de Junho, 2015 - 09:50 ( Brasília )

Boeing foca ritmo de entrega recorde e programas de desenvolvimento de aeronaves


English version

A Boeing descreveu hoje a estratégia da empresa, cujo alvo inclui entregar um número recorde de aeronaves comerciais pelo segundo ano consecutivo.

Em coletiva de imprensa realizada no Paris Air Show, o presidente e CEO da Boeing Aviação Comercial, Ray Conner, falou também sobre os progressos dos três programas ainda em desenvolvimento – o 737 MAX, o 777X e o 787-10.“Nos últimos cinco anos, aumentamos em mais de 60% a produção de aeronaves com a adoção de um sistema de produção enxuto e ágil”, disse Conner. “Nosso foco é executar nossas taxas de produção e colocar as aeronaves nas mãos dos clientes. Continuamos em curso para entregar entre 750 e 755 aeronaves, um novo recorde na indústria.”

Conner falou também sobre o andamento dos programas de Desenvolvimento de Aeronaves da empresa. Pela primeira vez, a Boeing anunciou que o 737 MAX deixará a linha de montagem no final deste ano e fará seu primeiro voo no início do ano que vem.

“O desempenho do 737 MAX atende todas as nossas expectativas; a aeronave tem uma eficiência energética 20% maior do que o primeiro 737 Next-Generation”, disse Conner.

Conner disse que o 777X deve chegar à configuração firme este ano e entrar em montagem final em 2018, para entrega em 2020.

A taxa de produção do 787 aumentará para 12 aeronaves por mês em 2016 e para 14 aeronaves mensais até o fim da década. A primeira entrega do 787-10 está programada para 2018.



Outras coberturas especiais


UNODC

UNODC

Última atualização 17 NOV, 12:30

MAIS LIDAS

Le Bourget