COBERTURA ESPECIAL - Le Bourget - Aviação

20 de Junho, 2011 - 19:17 ( Brasília )

Rolls-Royce fecha com a TAM encomenda de US$2,2 bilhões em motores Trent


A Rolls-Royce, empresa global de sistemas de energia, fechou contrato no valor de até US$2,2 bilhões (preço de tabela) com a TAM para o fornecimento de motores Trent XWB que equipam aviões Airbus A350-XWB. A encomenda inclui um acordo de 12 anos para o pacote de serviços de manutenção a longo prazo TotalCare®.

Essa é a primeira vez que a TAM encomenda motores à Rolls-Royce, e segue-se a um anúncio anterior da Airbus referente à encomenda dos aviões. A TAM encomendou 27 aeronaves A350-XWBs.

Líbano Barroso, Presidente da TAM, declarou: "Nossa escolha dessa combinação de motor e avião é um passo importante em nossa estratégia para aumentar a estrutura de rotas tanto domésticas quanto internacionais, atendendo as rápidas e crescentes demandas de capacidade de e para o Brasil. A capacidade operacional e a eficiência em termos de combustível da mais recente geração da família Trent tornarão esse avião um acréscimo significativo à nossa frota".

Mark King, Presidente do Setor Aeroespacial Civil da Rolls-Royce, declarou: "A TAM depositou sua confiança em nossa tecnologia de ponta ao selecionar o Trent XWB, que em termos de consumo de combustível é o mais eficiente motor de grande porte já construído. Essa encomenda é apoiada por um abrangente pacote TotalCare® para manutenção dos motores, que ajudará a TAM a maximizar seu uso de nossa tecnologia. Esperamos estreitar ainda mais nosso relacionamento com a TAM à medida que essas aeronaves entrem em serviço."

O Trent XWB, projetado sob medida para a Airbus A350-XWB, é o membro da família de motores Rolls-Royce Trent com mais rápida evolução em vendas, oferecendo eficiência no consumo de combustível 28 por cento maior do que os motores da geração pré-Trent.

Mais de 1.100 motores Trent XWB foram vendidos a 36 clientes, com as encomendas atuais estendendo-se além de 2020.

Notas:

1. A Rolls-Royce é um dos maiores fornecedores mundiais de sistemas e serviços de energia para uso em terra, mar e ar, e estabeleceu uma posição forte em mercados globais - aeroespacial civil, aeroespacial militar, marítimo e de energia.

2. Como resultado dessa estratégia, a empresa tem atualmente uma ampla base de clientes que inclui mais de 500 companhias aéreas, 4.000 operadores corporativos e governamentais de aviões executivos e utilitários e helicópteros, 160 forças armadas, mais de 2.500 clientes marítimos, incluindo 70 marinhas de guerra, e clientes de energia em aproximadamente 120 países, com uma base instalada de 54.000 turbinas a gás.

3. A receita anual foi de £10,8 bilhões em 2010, das quais mais da metade é proveniente do fornecimento de serviços. A carteira de encomendas firmes e anunciadas estava em £59,2 bilhões em 31 de dezembro de 2010, resultando em boas perspectivas para os futuros níveis de atividade.

4. A Rolls-Royce emprega 39.000 funcionários treinados em escritórios, instalações fabris e de serviços, em mais de 50 países, entre eles o Brasil. Desses, mais de 11.000 são engenheiros.

5. Em 2010, a Rolls-Royce investiu £923 milhões em pesquisa e desenvolvimento, e dois terços desse total têm o objetivo de melhorar ainda mais os aspectos ambientais de seus produtos, em particular a redução de emissões.

6. A Rolls-Royce está presente na América Latina há mais de 50 anos, e desempenha um papel chave no desenvolvimento dessa importante região em cada um de seus quatro mercados. Atualmente, a empresa mantém uma participação de 46 por cento no mercado do setor de aeronaves civis de fuselagem larga na América Latina.

7. O pacote TotalCare®, sob medida para operadores individuais, oferece uma gama de serviços da Rolls-Royce que cobre todos os aspectos da gestão de ativos em suporte a seus produtos Aeroespaciais Civis.

8. Com base no conhecimento, experiência e infraestrutura da empresa, esses serviços incluem elementos tais como manutenção preventiva, gerenciamento logístico e cobertura global de reparo e revisões. O TotalCare® remove as incertezas no gerenciamento de motores e melhora a confiabilidade operacional para os operadores.

9. Em 2010, a Rolls-Royce teve uma participação de US$100 milhões numa encomenda da TAM para motores V2500, para impulsionar dez aviões da Airbus, incluindo um acordo de manutenção de longo prazo.

10. A atual frota Rolls-Royce da TAM consiste de dois Airbus A340 impulsionados pelo Trent 500, que foram adquiridos numa transação anterior.

11. A TAM lidera o mercado doméstico das companhias aéreas brasileiras, voando para mais de 40 destinos no Brasil. No ano passado, a TAM anunciou sua intenção de fundir-se com a operadora chilena LAN para formar o Grupo LATAM. Uma vez concretizada a união das empresas, a LATAM será uma das 15 maiores companhias aéreas do mundo em termos de passageiros e de receita.



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

Le Bourget