COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2019 - Segurança

01 de Abril, 2019 - 22:00 ( Brasília )

DuPont experimento inovador para avaliar flexibilidade e conforto de coletes balísticos

Testes serão feitos em equipamento calibrado com base na normatização francesa, uma das mais avançadas do mundo no segmento; empresa lançará Nomex® ST Aviator, tecnologia de proteção contra chamas voltada à aviação brasileira



Rio de Janeiro (RJ) – A DuPont, divisão de produtos especializados da DowDuPont, leva para a LAAD Defence & Security 2019, maior evento de defesa e segurança militar da América Latina, uma máquina que testa a flexibilidade de coletes balísticos, capaz de avaliar e quantificar características como resistência, conforto e ergonomia das vestimentas.

O equipamento já é utilizado em testes pelo país, mas os visitantes do estande da DuPont poderão acompanhar uma grande inovação nos experimentos, explica Allan Gorham, gerente de relações governamentais da DuPont. "É a primeira vez que uma empresa brasileira cria e disponibiliza ao público um protocolo detalhado de testes de flexibilidade com o padrão da norma francesa, país avançado na legislação sobre este segmento", afirma Gorham.

"Como o Brasil não tem normas específicas sobre flexibilidade de coletes, um dos principais objetivos com essa iniciativa é ampliar as ferramentas e as discussões sobre a qualidade dos produtos no mercado, sensibilizando empresas e órgãos governamentais a padronizar regulamentações sobre segurança", conclui.

Aliado a esse experimento, a DuPont vai oferecer um teste de percepção de coletes, para que os visitantes possam avaliar características de roupas de proteção.

Tecido nacional

A DuPont lança, na LAAD, um tecido inovador no país, resistente a chamas, desenvolvido especialmente para a proteção de profissionais das forças de segurança da aviação brasileira: o Nomex® ST Aviator.

"Aliamos a alta proteção contra o fogo à leveza e flexibilidade necessárias para o conforto de profissionais da aviação, em um tecido desenvolvido especificamente para as características de trabalho em nosso país", afirmou Lucas Loureiro, gerente de Vendas e de Desenvolvimento da DuPont.

Nomex® ST Aviator é um tecido leve: pesa 165 gramas por metro quadrado. Para efeitos de comparação, uma camiseta de algodão pesa em torno de 150 gramas por metro quadrado. "Outro de seus diferenciais é que a fibra já é verde, cor utilizada nos uniformes. Por ser um tecido não tingido, mantém a cor por um período muito mais longo", diz Loureiro.

Aviator é o novo integrante do Nomex® ST, plataforma de tecidos desenvolvida pela Santanense em parceria com a DuPont". A DuPont cria as tecnologias de fibras e a Santanense fabrica o produto final em solo brasileiro. Nomex® ST Aviator é o primeiro tecido Nomex® nacionalizado para utilização na aviação.

Outro destaque da plataforma é o Nomex® ST Camuflado, tecido capaz de receber qualquer padrão de camuflagem, da floresta ao deserto. Também estará na feira a tecnologia Nomex® ST RipStop, tecido extremamente resistente a rasgos usado, por exemplo, pelo Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) do Rio de Janeiro.

Além destes destaques, os visitantes da LAAD poderão conhecer, no estande da DuPont, um pacote de soluções completas para proteção balística de Kevlar® e térmica de Nomex®.



Outras coberturas especiais


OTAN

OTAN

Última atualização 06 DEZ, 12:30

MAIS LIDAS

LAAD 2019