COBERTURA ESPECIAL - Rosoboronexport LAAD 2013

08 de Abril, 2013 - 11:00 ( Brasília )

A Rosoboronexport apresentará mais de 200 equipamentos




A Rosoboronexport, empresa estatal russa especializada na exportação de armas, apresentará na LAAD-2013 mais de 200 equipamentos de material de guerra para todos os ramos das Forças Armadas. A companhia é participante permanente da Exposição desde 1997, mas neste ano a sua participação será de maior envergadura. Mesmo a superficie ocupada pela exposição russa será três vezes maior de que a na LAAD-2011.

Os meios de defesa antiaérea ocuparão um dos lugares centrais. Espera-se que seja manifestado o interesse especial dos especialistas, em particular, pelo Sistema antiaéreo Pantsyr-S1 de mísseis e canhões, o Sistema lança-míssil antiaéreo Tor-M2E e Sistema lança-míssil antiaéreo Petchora-2M modernizado, assim como por vários tipos de estações de radar a serem apresentados em ampla nomenclatura. Além disso, no estande da companhia estará apresentada uma maqueta do Sistema lança-míssil antiaéreo portátil Igla-S de dimensões reais, com o módulo de controle automatizado.

Na parte do material aeronáutico, uma grande atenção será atribuída aos helicópteros russos, visto que na América Latina a demanda por este material cresce permanentemente. É de assinalar que isto diz respeito aos aparelhos de asa fixa tanto militares como civis. Em primeiro lugar, trata-se dos bem conhecidos helicópteros de transporte militares do tipo Mi-17, bem como dos helicópteros de combate Mi-35M modernizados que já estão a cumprir eficazmente missões na Força Aérea Brasileira.

Boas perspectivas no mercado latino-americano tem também o mais novo avião de combate e treino Yak-130 que desde anos recentes está sendo fornecido em números para a Força Aérea da Rússia, bem como para exportação. As suas altas performances, a sua segurança de operação e a sua economicidade são combinadas efetivamente com as capacidades de combate bem amplas, o que o faz muito atrativo na qualidade de avião universal.

Entre os modelos do material terrestre substancialmente representados no estande da Rosoboronexport, é de destacar, em especial, o veículo blindado Tigre que passou testes numa das unidades da Polícia na cidade de Rio de Janeiro. No Brasil, a decisão para aquisição deste veículo ainda não foi tomada, enquanto o veículo já entraram em serviço das unidades especiais de Uruguai.

Além disso, especialistas demonstram interesse particular pelas armas ligeiras russas, inclusive as armas especiais, assim como pelos meios de combate próximo, em especial tais sistemas lança-míssil antitanque mais sofisticados como o Kornet-EM. Os engenheiros projecionistas proveram um aumento substancial do alcance máximo de tiro do Sistema – até 10 km, dotaram-no do dispositivo automático de acompanhamento do alvo. Entretanto, o mais importante é que o Kornet-EM agora é capaz de lutar eficazmente contra objetivos aéreos, o que o faz uma arma realmente universal no campo de batalha.

No segmento do material de Marinha de guerra, é bem possível que os países da região manifestem interesse pelos projetos russos dos sistemas de controle do litoral que são únicos no seu gênero, assim como pelos submarinos diesel-elétricos e pelas fragatas dos projetos 22356 e 11356.
        
A Rosoboronexport espera que a sua participação na exposição LAAD-2013 torne-se uma etapa importante no desenvolvimento contínuo e progressivo das relações multilaterais da Rússia com os países da região, e a cooperação no campo de defesa sirva para consolidação da segurança em todo o continente.



Outras coberturas especiais


Eleições

Eleições

Última atualização 25 SET, 11:35

MAIS LIDAS

Rosoboronexport LAAD 2013