COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2013

25 de Março, 2013 - 10:00 ( Brasília )

RAFAEL - Sistemas de segurança integrados proteção de bens estratégicos

A RAFAEL estará na LAAD 2013

Propriedades estratégicas como gasodutos e plataformas de petróleo, usinas elétricas, portos e ancoradouros, são vulneráveis a ameaças terroristas e criminais. Tais infraestruturas são de alto valor econômico e político, e a baixa probabilidade de detecção de ameaças, devido ao relativo anonimato e a localização geográfica dessas infraestruturas, as torna um atrativo alvo.

As potenciais consequências econômicas, ambientais e políticas, tanto as imediatas, quanto aquelas de longo prazo, capazes de surgir devido a um ataque levado a cabo contra tal infraestrutura, e o elevado custo potencial em vidas humanas, exigem que governos desenvolvam uma atitude holística, para dar uma resposta as complexidades de tais desafios.

Poços Petrolíferos

Muitos poços petrolíferos são localizados em áreas rurais próximas a estradas, e em alguns casos perto de povoações ou outros tipos de áreas urbanas. Uma pessoa pode facilmente ter acesso a esses poços, através de suas estradas circundantes, fazendo-os altamente vulneráveis a sabotagem, e praticamente impossíveis de serem protegidos.

Dutos e Estações de Bombeamento

O sistema de dutos é uma área de grande preocupação para companhias petrolíferas e para a economia global. Grupos terroristas representam a principal ameaça contra redes de dutos. Grupos extremistas de única meta, pessoas de dentro das fileiras de certas organizações e indivíduos mentalmente instáveis também podem representar uma ameaça ao sistema.

O método mais comum utilizado ao redor do mundo de ataque a infraestruturas de dutos é o dispositivo explosivo improvisado. DEIs transportados por veículos (carros bomba) tem sido um bem sucedido método de ataque contra facilidades petrolíferas e dutos. Sistemas de controle também são vulneráveis a sabotagem física. Outros métodos comuns são perfuração ou agressão mecânica contra o duto.

Grandes partes de dutos não supervisionados são difíceis de proteger. A maioria dos dutos em muitas regiões na América Latina é enterrada numa profundeza de poucos pés abaixo da superfície, porém há partes expostas, devido à presença de estradas, cruzamentos de rios, pontes, devido à da deformação dos tubos, levando algumas partes a surgir sobre a superfície.

A Rafael Advanced Defense Systems, sendo uma empresa planejadora e desenvolvedora de "sistemas de sistemas" multidisciplinares e provados no campo, é bem versada em integrações complexas e em grande escala, e no desenvolvimento de soluções para programas de proteção de bens críticos, tanto para seus clientes em Israel, como para vários outros ao redor do mundo.

O elemento-chave da solução da Rafael é o IMILITE, seu sistema de comando, controle, comunicação, computadores e inteligência (C4I), que mantém todos os elementos de segurança - de militares posicionados no campo até Veículos Aéreos Não Tripulados (VANT, inglês - UAVs) em pleno voo - conectados, informados e sincronizados em tempo real.

A solução da Rafael apoia a conectividade com sensores definidos pelo cliente.

As soluções da Rafael, feitas sob medida, tratam das exigências especiais do cliente, depois de ser feita uma análise geográfica da área, assim como uma análise de todas as ameaças potenciais principais, inclusive a motivação e a habilidade de um agressor de levar a cabo atos hostis.

Para garantir capacidades de segurança sólidas e viáveis, a Rafael oferece uma solução baseada em três fundamentos de segurança principais: 

- Infraestrutura e sistemas de comunicação robustos (Três vias: voz, vídeo e dados)
- Capacidade de Comando, Controle, Comunicação, Computadores e Inteligência (C4I) (o sistema "IMILITE")
- Sistemas de vigilância móveis e aerotransportados estacionários



Outras coberturas especiais


UNODC

UNODC

Última atualização 17 NOV, 12:30

MAIS LIDAS

LAAD 2013