COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2011 - Segurança

19 de Abril, 2011 - 13:00 ( Brasília )

Condor lança sua nova linha de armas não-letais com ênfase em pistolas

A “Condor Tecnologias Não Letais”, lançou nesta edição da LAAD 2011 seus novos modelos de Granadas para Controle de Distúrbios

 
Wayne dos Santos Lima
Especialista em Segurança Pública e Empresarial

A “Condor Tecnologias Não Letais”, lançou nesta edição da LAAD 2011 seus novos modelos de Granadas para Controle de Distúrbios e, aparentemente, visando o promissor mercado das Guardas Municipais, suas novas soluções em termos de armas incapacitantes para corporações e agentes que, por lei, trabalhem desarmados ou precisem lançar mão de Técnicas Tecnologias Não-Letais para fazer Uso Progressivo da Força Policial.

Granada GL-120 do tipo Aerosol Pimenta possui um acionador do tipo EOT (Espoleta de Ogiva de Tempo) que, após retirada do grampo de segurança e lançamento, não detona, gerando chamas ou fragmentos. Por criar apenas uma nuvem incômoda que imediatamente toma conta de todo o lugar, aderindo aos olhos e pálpebras, além de dificultar a respiração no local, seria mais indicada para ambientes fechados, perfeita para forçar sua evacuação.

Já a Granada GL-311 de Emissão Instantânea seria mais voltada para ambientes externos, de Controle de Distúrbios e combate a Criminalidade, saturando o ambiente com CS em pó. Assim como a outra, também não gera chama ou estilhaços, reduzindo os efeitos colaterais de seu uso.

De forma a evitar uma casual má utilização, ou desvio de seus produtos, a Condor está lançando também um dispositivo chamado I-REF, ou Sistema de Rastreamento por Rádio Frequência, no qual todas as suas linhas de granadas e sprays são agora possíveis de serem rastreados, mesmo após sua detonação, permitindo que se saiba onde, de que forma e quem fez uso de cada equipamento.

Entretanto as maiores vedetes, voltadas especificamente para a proteção individual dos agentes são as Pistolas Spark e a Defensor FR-100, sendo a primeira uma nova proposta em Dispositivos Elétricos Incapacitantes (Pistolas Elétricas) e a segunda uma pistola, calibre 10mm com munição de borracha, ambas propostas para utilização em um raio médio de 10m (considerada a distância em que ocorrem os maiores confrontos e agressões aos Agentes Encarregados de Aplicar a Lei).

Em um país com aproximadamente 5.580 municípios, este mercado pode ser bem rentável, mesmo se forem consideradas as “vendas de migalhas”.

Coincidência ou não, no início deste ano a empresa, após ganhar a licitação e obter o aval do Exército, entregou um lote de aproximadamente 300 espargidores de pimenta para a Guarda Municipal de São Gonçalo, município da região metropolitana do Rio de Janeiro com mais de 1 milhão de habitantes, tornando aquela corporação uma das primeiras em todo o estado fazer uso esta nova ferramenta em suas ações de Controle Urbano, Fiscalização de Trânsito e na Segurança Pública Municipal.



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 11 DEZ, 12:00

MAIS LIDAS

LAAD 2011