COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2011

12 de Abril, 2011 - 07:00 ( Brasília )

Rockwell Collins Deseja Expandir nas Áreas de Aviação, Defesa e Segurança

Strengthen Brazilian security and defense with a trusted, experienced partner.

Defesanet entrevistou executivos da Rockwell Collins LeAnn Ridgeway, que é Vice-Presidente e Diretora Gerente para as Américas.  Neste cargo, LeAnn é responsável pelo desenvolvimento de negócios-chave para as operações de serviço da empresa na América do Norte e do Sul. Além disso, ela é responsável pelas operações, instalações e desenvolvimento dos produtos em nível comercial e governamental nas Américas, exceto os Estados Unidos.  E Nelson J. C. de Aquino,  Diretor da Rockwell Collins Brasil e Diretor de  Negócios e Vendas Regionais na América Latina.

A presença e confiança das possibildades da empresa no Brail pode ser medida que há 35 anos operam um centro de manutenção e os programas que a empresa tem acertado, em especial com a EMBRAER oferecendo aviônicos de última geração. Os futuros EMBRAER Legacy 500 3 Legacy 450 serão equipados com os sistemas aviônicos integrados Rockwell Collins Pro Line Fusion.

A empresa prevê uma rápida expansão do eu centro de apoio no Brasil.

As perspectivas de negócios são tanto na área de aviação, comercial, executiva e militar, assim como nas áreas de Segurança e Defesa.

Um exemplo da capacidae pode ser medido pelo fato de que os sistemas de  controle e navegação de vôo da Rockwell Collins, Linha Athena,  recentemente ultrapassou 1 milhão de horas de vôo em diversos Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs), ao realizar operações de vigilância principalmente no Oriente Médio.

Os executivos não quiseram comentar as possibilidades da Rockwell Collins no Programa da EMBRAER KC-390. 

Os Principais Clientes da Rockwell Collins no Brasil/América Latina

  • A Helibras, subsidiária brasileira da Eurocopter, está modernizando os helicópteros Pantera AS365K do Exército Brasileiro com aviônicos integrados Pro Line 21 da Rockwell Collins.  O programa de modernização visa a quatro aeronaves por ano até 2021.
  • Quando a Embraer lançar as novas aeronaves Legacy 500 e Legacy 450 em 2012/2013, estes jatos executivos serão equipados com os sistemas aviônicos integrados Rockwell Collins Pro Line Fusion™.
  • O sistema de orientação HGS® (Head-Up Guidance System) da Rockwell Collins, modelo 5600E, com tecnologia de monitores de cristal líquido (Liquid Crystal Display - LCD), foi selecionado em 2008 para a aeronave Lineage 1000 da Embraer. O sistema HGS-5600E é uma versão proveniente do modelo HGS-5600, já utilizado nas aeronaves Embraer 170, assim como no Embraer 190.
  • Três companhias aéreas latino-americanas utilizam aviônicos e sistemas de entretenimento em vôo da Rockwell Collins em suas 98 aeronaves Airbus. Os pacotes de aviônicos foram adquiridos pela brasileira TAM, pela chilena LanChile e pelas companhias aéreas do Grupo TACA. O Grupo TACA é um consórcio de companhias aéreas de El Salvador, Guatemala, Costa Rica, Nicarágua e Honduras.
 


Outras coberturas especiais


Fundação EZUTE

Fundação EZUTE

Última atualização 18 DEZ, 21:46

MAIS LIDAS

LAAD 2011