COBERTURA ESPECIAL - KC-390

29 de Outubro, 2010 - 12:00 ( Brasília )

EMBRAER ANUNCIA DISCUSSÕES DE PARCERIA COM A ARGENTINA NO PROGRAMA KC-390

Governo argentino manifesta intenção de adquirir seis jatos de transporte militar da Embraer



São José dos Campos, 29 de outubro de 2010 – Como resultado de entendimentos mantidos entre os Ministérios da Defesa do Brasil e da República Argentina, os ministros Nelson Jobim e Nilda Garré assinaram esta semana uma Declaração de Intenções com vistas à participação do vizinho sul-americano no programa de desenvolvimento do jato de transporte militar KC-390.

O acordo marca o início das negociações contemplando a participação da Fábrica Argentina de Aviões “Brig. San Martín” S.A. – FAdeA na fabricação do novo avião e também para a futura aquisição de seis aeronaves KC-390 pelo governo argentino.

“Trata-se de mais uma forte manifestação de interesse pelo KC-390, o que mostra a aderência deste novo produto às exigências do mercado de transporte militar”, disse Orlando José Ferreira Neto, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Defesa. “É, portanto, com grande satisfação que vemos a intenção da Argentina em seguir nesta direção, reforçando, com isto, os laços de integração tecnológica na área de defesa na América do Sul.”

Este é o quinto anúncio de negociação de parcerias internacionais para o programa KC-390 feito pela Embraer desde o final de agosto. Chile, Colômbia, Portugal e República Tcheca já iniciaram discussões para definir as condições de participação no desenvolvimento e na produção do novo avião de transporte militar. Em julho, a Força Aérea Brasileira (FAB) divulgou a intenção de adquirir 28 jatos. Com a entrada da Argentina, as atuais negociações poderão resultar na venda agregada de 60 aviões KC-390 para as Forças Aéreas dos seis países