COBERTURA ESPECIAL - KC-390 - Aviação

17 de Junho, 2016 - 11:25 ( Brasília )

Campo Grande (MS) foi escolhida para os testes do cargueiro da Embraer


Guilherme Henri
Campo Grande News


A maior aeronave já construída pela Embraer, o KC-390, está na Base Aérea de Campo Grande, onde faz uma série de testes como parte do seu processo de certificação para ser entregue à Força Aérea Brasileira e posteriormente colocada à venda. Até o momento, apenas dois modelos do cargueiro já foram fabricados.

Segundo informa a assessoria de comunicação da empresa, Campo Grande foi escolhida para receber a aeronave por oferecer as condições adequadas para esta etapa de testes. É a primeira vez que o cargueiro deixa a fábrica onde foi construída, localizada em São José dos Campos (SP).

O avião deve permanecer na Capital Morena cerca de um mês. Contudo, sua agenda de testes começou no dia 3 de fevereiro do ano passado. A certificação do KC-390 está prevista para o segundo semestre de 2017, com as primeiras entregas no primeiro semestre de 2018.

Nesta quinta-feira (16), a Embraer informou que, por enquanto, não será permitida a aproximação de civis à aeronave. Uma apresentação oficial está prevista para ocorrer a partir da próxima semana, ainda sem data definida.

Ficha Técnica – KC-390

Fabricante  - Embraer S.A.
Envergadura  - 35,05m
Comprimento - 35,20m
Altura - 11,84m
Velocidade máxima de cruzeiro - 470 nós (870km/h)
Altitude máxima - 36.000 pés (11.000 m)
Alcance (c/ 23 toneladas de carga) - 1.380 milhas náuticas (2.556 km)

Transporte tático – Ainda de acordo com as informações da Embraer, o KC-390 é uma aeronave de transporte tático desenvolvida para estabelecer novos padrões na sua categoria, apresentando ao mesmo tempo o menor custo do ciclo de vida do mercado. É capaz de operar em diversas missões, como transporte e lançamento de cargas e tropas, reabastecimento em voo, busca e resgate e combate a incêndios florestais.

Ele é capaz de transportar até 26 toneladas de carga a uma de 870 quilômetros por hora, com capacidade de operar em pistas austeras, inclusive não pavimentadas, ou danificadas. Sua fuselagem é capaz de acomodar cargas de grandes dimensões, com acesso por meio da rampa de carga.

A aeronave ainda pode ser empregada como reabastecedora aérea, utilizando dois tanques internos removíveis, e possui grande flexibilidade, podendo reabastecer tanto helicópteros a baixas altitudes e velocidades, quanto caças de alto desempenho em elevadas altitudes e velocidades.

Em maio de 2014, a Embraer e o Comando da Aeronáutica assinaram contrato para a produção seriada do KC-390, que prevê a aquisição de 28 aeronaves. Além da encomenda da Força Aérea Brasileira, existem intenções de compra de outros países totalizando 32 aeronaves.



Outras coberturas especiais


ESGE

ESGE

Última atualização 21 OUT, 13:00

MAIS LIDAS

KC-390