COBERTURA ESPECIAL - KC-390 - Aviação

11 de Agosto, 2014 - 10:45 ( Brasília )

Suécia quer participação no projeto do KC-390 da Embraer


A Suécia pode participar do projeto do cargueiro militar KC-390, em desenvolvimento pela Embraer, sediada em São José dos Campos.

A ministra da Defesa da Suécia, Karin Enströn, vai visitar a fábrica da Embraer, durante a sua estadia no Brasil, na próxima semana.

A empresa confirmou a visita, mas não forneceu mais detalhes.

A visita pode ser o primeiro passo de uma cooperação maior com o país escandinavo na área de defesa.

A Embraer foi escolhida para ser a empresa líder no Brasil do projeto F-X2, para a compra de 36 caças supersônicos Gripen NG, da sueca Saab, para a FAB (Força Aérea Brasileira).

A Suécia teria interesse no projeto do KC-390 porque desejaria trocar a sua frota de aeronaves Hércules C-130 por modelos mais modernos tecnologicamente.

O KC-390 é um jato de última geração na sua classe, com condições para operar em situações adversas, como pousar e decolar de pistas não pavimentadas.

Interesse. Anteriormente, a Saab já havia sinalizado interesse em participar do programa do KC-390, caso fosse a vencedora para o fornecimento dos Gripen NG para a FAB.

A ministra deve chegar ao Brasil na próxima terça-feira. Desembarca em Brasília, onde terá encontro reservado com o seu colega de pasta Celso Amorim.

Na pauta, ampliação do intercâmbio e cooperação entre os dois países, além da área de defesa.

Para Expedito Bastos, especialista em assuntos militares da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG), se realmente for efetivada a participação da Suécia no programa do KC-390, será um passo importante para o Brasil.

“A Suécia pode ser a porta de entrada dessa aeronave no mercado europeu, que está aberto”, disse o especialista.
Segundo Expedito, diversos países da Europa possuem Hércules C-130 em sua frota de aeronaves.

“Além disso, a Suécia tem grande conhecimento tecnológico, não só na área de defesa, mas em outros campos, como TI (Tecnologia da Informação)”, pontuou.

Voo. O primeiro protótipo do cargueiro militar nacional está em fase de montagem final, na unidade da Embraer, em Gavião Peixoto, interior paulista.

A previsão é que o primeiro voo do jato ocorra provavelmente em outubro.

A FAB já encomendou 28 unidades do jato para renovar a sua frota de avião de transporte , formada por Hércules C-130.

Saiba mais

Visita
Ministra da Defesa da Suécia vai visitar a Embraer na próxima semana

Interesse
O país escandinavo teria interesse em participar do programa do cargueiro militar KC-390

Oportunidade
Para especialistas, seria a oportunidade de o Brasil colocar esse produto novo no mercado europeu

Caça
A visita da ministra também marcará aproximação entre os dois países por causa da escolha do caça Gripen NG para renovar a frota da Força Aérea Brasileira

Brasil e Suécia estudam acordos
Esta semana, representantes dos ministério da Defesa dos dois países se reuniram em Brasília para tratar da ampliação de cooperação entre os dois países. Durante a reunião, foram identificadas possíveis áreas de cooperação bilateral, tais como: Defesa Cibernética, Espacial, e Produtos de Defesa, entre outros segmentos analisados.