COBERTURA ESPECIAL - Israel - Defesa

13 de Dezembro, 2018 - 10:00 ( Brasília )

Empresa ELTA da IAI obtém contratos iniciais com cliente asiático no valor de mais de US$ 60 milhões


A ELTA Systems, subsidiária da Israel Aerospace Industries (IAI), foi agraciada com contratos iniciais para fornecer avançados radares multimodais e um sistema de proteção contra guerra eletrônica, os quais utilizam a mais recente tecnologia de varredura eletrônica (AESA).

Os contratos somam mais de US$60 milhões. Os produtos a serem entregues foram concebidos com tecnologia de ponta, proporcionando aos caças da Força Aérea do cliente um sistema de sensores por radar de alto desempenho, além da máxima proteção contra ameaças potenciais no ar e em terra.

O novo radar AESA provê recursos estendidos ao legado de tecnologias existentes, tais como um raio maior de detecção, mais precisão de alvo e recursos de rastreamento para vários alvos que permitem modos simultâneos de operação, como é o caso de missões ar-ar/terra/mar.

Para as missões ar-terra, o radar fornece mapeamento de altíssima resolução por radar de abertura sintética (SAR) com recursos de indicador de alvo terrestre móvel (GMTI). O conjunto de sistemas contra guerra eletrônica dá aos caças grande proteção contra sistemas de armamento superfície-ar e ar-ar.

Ao detectar e identificar uma ameaça, o conjunto mostra um alerta e ativa automaticamente uma contramedida defensiva.

A proteção ao caça é mantida em quaisquer condições atmosféricas e ambientais. O conjunto de sistemas contra guerra eletrônica opera de modo autônomo com reação extremamente veloz e sem qualquer intervenção do piloto.

Yoav Turgeman, vice-presidente da IAI e CEO da ELTA, declarou: “Depois de vencer uma concorrência acirrada, a ELTA foi selecionada com base na nossa capacidade para proporcionar as mais recentes tecnologias de ponta e radares AESA e sistemas de guerra eletrônica. A ELTA tem um longo histórico no fornecimento de produtos modernos e inovadores, permitindo aos clientes alcançar uma posição de liderança no campo de batalha moderno".


VEJA MAIS