COBERTURA ESPECIAL - Helibras - Aviação

12 de Setembro, 2014 - 10:00 ( Brasília )

Esquilo para segurança pública também pode ser adquirido pelo FINAME

Modelo produzido no Brasil, o único com financiamento do BNDES, é utilizado pelas polícias de diversos estados

O helicóptero Esquilo, produzido pela Helibras em sua fábrica em Itajubá (MG), é um dos modelos mais utilizados entre os monoturbinas para atividades de segurança. Essa aeronave tornou-se famosa pelas missões realizadas pela Polícia Militar de São Paulo com o codinome “Águia”, e cujas atividades foram imortalizadas em programas veiculados nas mídias nacional e internacional.
 
Por ser produzido no Brasil, o Esquilo conta com o benefício do financiamento diferenciado do FINAME, do Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES), que oferece menor taxa de juros, de 4,5%, e maior prazo de pagamento, em até 120 vezes. Esse é um incentivo do governo aos produtos que apresentam elevado nível de valor agregado nacional em sua fabricação.
 
“Até alguns anos, essa possibilidade não estava disponível para o mercado governamental, mas apenas para o civil. Consideramos este um avanço que deve permitir a muitos grupamentos aéreos ampliar, equipar, modernizar ou mesmo iniciar uma frota própria, avançando na prestação de serviços à população, com melhores ferramentas e condições”, avalia François Arnaud, vice-presidente Comercial e de Marketing da Helibras.
 
Na nova versão, o AS350 B3e é equipado com uma potente turbina Turbomeca Arriel 2D, controlada eletronicamente. Com capacidade de carga no gancho de 1400 kg e uma série de equipamentos que aliviam a carga de trabalho do piloto, é o helicóptero leve ideal para transportar cargas pesadas. A evolução ainda agrega tecnologia de ponta ao novo painel Garmin, sustentabilidade com o motor ECO e a mesma versatilidade da consagrada família Esquilo.
 
O sucesso desse helicóptero deve-se à sua agilidade e habilidade para multimissões e a seu pequeno porte, que possibilita pousos e decolagens em áreas restritas, como em grandes centros urbanos, e oferece configurações e opcionais desenvolvidos no Brasil pela Helibras, além das oficinas de manutenção da fabricante à disposição de seus operadores.
 
A Helibras é líder do mercado governamental, com 82% de domínio e o emprego de 110 helicópteros Esquilo em atividade no setor. A Polícia Militar do Estado de São Paulo é o maior cliente governamental da empresa, com 21 aeronaves do modelo, que atendem a uma população de 42 milhões de habitantes. A empresa já entregou mais de 400 unidades do Esquilo no Brasil.
 
Ficha técnica AS350 B3e
 
Capacidade
Modelo Standard - 1 piloto + 5 ou 6 passageiros
Ou 1.400 kg no gancho
 
Pesos
Peso máx. de decolagem: 2.250 Kg
Peso máx. de decolagem com carga externa: 2.800 Kg
Peso vazio: aproximadamente 1.237 Kg
 
Motorização
1 turbina ARRIEL 2D
Potência máx. de decolagem: 847 shp
 
Desempenho(com peso máximo de decolagem-ISA,SL)
Velocidade máxima (VNE): 287 km/h
Velocidade de cruzeiro rápido: 258 km/h
Razão de subida: 10 m/s
Teto de serviço: 5.044 m
Autonomia com tanque standard: 4h23
Alcance com tanque standard (SL): 638 km
 
Dimensões
Comprimento (com rotor girando): 12,94 m
Comprimento da fuselagem: 10,93 m
Altura: 3,34 m
Diâmetro do rotor principal: 10,69 m


 
Sobre a Helibras
 
A Helibras é a única fabricante brasileira de helicópteros e completou, em 2014, 36 anos de atividades. Desde a sua fundação, em 1978, a empresa já entregou mais de 750 helicópteros no Brasil, sendo 70% do modelo Esquilo, fabricado em Itajubá (MG). Em 2012, começou a produzir o modelo EC725 (militar), tendo construído uma nova linha de montagem e ampliado todas as suas instalações para esse novo programa.

lkoiA Helibras é subsidiária da Airbus Helicopters, que pertence ao Airbus Group, pioneiro mundial nos segmentos aeroespacial e de serviços relacionadas à defesa. Com participação de 47% na frota brasileira de helicópteros a turbina, a Helibras é líder de mercado e mantém instalações em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Sua fábrica, que emprega mais de 820 profissionais e tem capacidade de produção de 36 aeronaves por ano, produz e customiza diversos modelos que atendem aos segmentos civil, governamental e militar. Em 2013, a empresa registrou faturamento total de R$ 389 milhões. Mais informações:
www.helibras.com.br.

 

 



Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 21 NOV, 16:30

MAIS LIDAS

Helibras