COBERTURA ESPECIAL - Guarani - Terrestre

27 de Setembro, 2014 - 13:04 ( Brasília )

Guarani - 100ª Viatura Entregue - (Atualizado)



Ricardo Fan
Enviado Especial a Sete Lagoas - MG

Transcorreu no final da manhã (26SET14), e início da tarde de ontem a cerimônia da entrega da 100ª unidada da Viatura Blindada de Transporte de Tropas - Média de Rodas (VBTP-MR) Guarani para o Exército Brasileiro. Produzida na unidade de Sete Lagoas (MG) desde junho de 2013 .

A solenidade, realizada na fábrica, teve a presença do Ministro da Defesa, Celso Amorim; do Comandante do Exército Brasileiro, General Enzo Martins Peri; do Chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa, General José Carlos de Nardi; do Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, General Sinclair J. Mayer; do Chefe do Estado-Maior do Exército, General Adhemar da Costa Machado Filho; do Chefe de Assuntos Estratégicos do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa, General Menandro Garcia de Freitas; do Secretário-Geral do Ministério da Defesa, Ari Matos; do Secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, Murilo Marques; além do presidente mundial da Iveco Veículos de Defesa, Roberto Cibrario, outras autoridades e executivos da empresa.

A parceria, que começou em 2007 com o desenvolvimento do projeto industrial, foi consolidada em 2013 com a inauguração da primeira fábrica de Veículos de Defesa da Iveco fora da Europa. “É essencial que a sociedade civil compreenda a importância de equipamentos de defesa para um país com as dimensões do Brasil. Não podemos depender de tecnologia importada e o projeto do Guarani é simbólico porque demonstra a capacidade de produzir aqui”, afirmou Celso Amorim.

Guarani foi um dos destaques da Eurosatory 2014

A feira, realizada entre os dias 16 e 20 de junho em Paris, França, contou com a presença de mais de 50 países e é considerada uma das principais vitrines para divulgação e comercialização de produtos e tecnologias do setor.

“A produção do Guarani no Brasil é um marco para a reconstrução da indústria bélica nacional. A parceria entre a Iveco e o Exército posicionou o país novamente como um produtor de alta tecnologia nesse segmento”, afirma Giovanni D’Ambrosio, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da divisão de Veículos de Defesa da Iveco na América Latina. Ele acrescenta que o veículo tem despertado o interesse comercial de outros países – localizados, principalmente, na América do Sul e na África.

Além de ar-condicionado e função anfíbia, o Guarani possui forte proteção blindada para munição perfurante incendiária e minas terrestres, navegação por GPS, freios ABS, visão noturna e motor de 383 cv, da FPT Industrial. Com capacidade para 11 homens, pode atingir até 100 Km/h. No Brasil, o Guarani substitui as famíliias de blindados Urutu e Cascavel, em operação há quase 40 anos nas Forças Armadas.

A plataforma do blindado poderá ser usada como base para o desenvolvimento e a produção de uma família de blindados em diferentes versões, entre as quais viaturas de reconhecimento, socorro, posto de comando, porta morteiro e ambulância.

“O blindado que desenvolvemos em parceria com o Exército possui itens que oferecem vantagem em campo. Apesar de ser um veículo pesado, este modelo traz versatilidade nas manobras e conforto para os tripulantes. Todas essas qualidades fazem com que o Guarani desperte a atenção de outras nações interessadas em um veículo blindado de alta tecnologia”, afirma o Diretor de Veículos de Defesa da Iveco na América Latina, Paolo del Noce.



Outras coberturas especiais


Guerra Informação e Híbrida

Guerra Informação e Híbrida

Última atualização 21 OUT, 11:20

MAIS LIDAS

Guarani