COBERTURA ESPECIAL - Guarani - Terrestre

24 de Abril, 2014 - 09:40 ( Brasília )

Guarani - Instruções de navegabilidade e flutuabilidade


No dia 14 de abril, o 33º Batalhão de Infantaria Mecanizado realizou instruções de navegabilidade e flutuabilidade da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal Média Sobre Rodas – Guarani, como parte da qualificação de Comandantes de Carro e Motoristas.

A atividade ocorreu na represa do Rio Iguaçu (Boa Vista da Aparecida/PR), com o acompanhamento de um efetivo de engenheiros da IVECO.

O Exército Brasileiro recebeu em 24 de março de 2014, as primeiras treze Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal, Média de Rodas (VBTP-MR), do Projeto Estratégico do Exército - Guarani.
 
As viaturas foram entregues à 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, sediada em Cascavel/PR, para mobiliar uma das Companhias de Fuzileiros do 33º Batalhão de Infantaria Motorizado, Unidade orgânica da Brigada, que está em processo de transformação para 33º Batalhão de Infantaria Mecanizado.

O Projeto GUARANI tem por objetivo transformar as Organizações Militares de Infantaria Motorizada em Mecanizada e modernizar as Organizações Militares de Cavalaria Mecanizada. Para isso, estão sendo desenvolvidas novas famílias de Viaturas Blindadas de Rodas, a fim de dotar a Força Terrestre de meios para incrementar a dissuasão e a defesa do território nacional.

A primeira viatura desenvolvida foi a Viatura Blindada para Transporte de Tropa Média de Rodas Guarani (VBTP-MR Guarani), possibilitando a substituição das viaturas URUTU e CASCAVEL, fabricadas pela ENGESA, que estão em uso há mais de 40 anos.

O Guarani ainda traz diversos recursos tecnológicos de primeira linha. Dentre eles encontram-se o sistema automatizado de pressurização dos pneus, as suspensões independentes em cada uma das seis rodas, ar-condicionado com sistema de filtros contra armas químicas, biológicas e nucleares, sistema de Gerenciamento de Campo de Batalha, sistema de Consciência Situacional, torre automática com canhão 30mm, visão noturna, e reparo automatizado para metralhadora .50 ou 7,62mm.



Outras coberturas especiais


Guerra Hibrida Brasil

Guerra Hibrida Brasil

Última atualização 11 DEZ, 19:00

MAIS LIDAS

Guarani