COBERTURA ESPECIAL - Gripen NG Brazil - Aviação

27 de Outubro, 2014 - 15:12 ( Brasília )

SAAB detalha o contrato de US$ 5,4 bilhões com a FAB

Em um surpreendente anúncio, nas primeiras horas da manhã pós-eleições, o MD e a FAB formalizaram a assinatura na sexta do contrato de compra dos caças Gripen, da sueca SAAB


por Vianney Júnior
Analista de Defesa e Aeroespaço
Editor-chefe de Avaliação de Aeronaves
@jrvianney

 

Ao acessar os mais dinâmicos meios de informação (via web), o brasileiro buscando as notícias e análises relacionadas com a acirrada disputa eleitoral para a Presidência da República foi surpreendido com um anúncio que põe fim (ou não) à prolixa novela da compra dos caças.
 
Com as assinaturas do presidente da SAAB, Håkan Buskhe, e do Tenente-Brigadeiro do Ar Alvani Adão da Silva, Diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), foi selado na sexta-feira (24 OUT14), o contrato para a produção de 36 aeronaves, sendo 28 do modelo equivalente ao E (monoposto), e 8 à versão F (biposto), ainda a ser desenvolvida.
 
A nota foi divulgada pela SAAB às 06:30 Horas, na Suécia, equivalendo à 03:30 da madrugada desta segunda no Brasil.
 
O VP e a conferência do dia seguinte
 
Enquanto a grande maioria dos jornalistas brasileiros ainda se dedicava à análise dos fatos e projeções relacionados com a reeleição de Dilma Rousseff, uma conferência internacional foi convocada pela empresa sueca, agraciada com o bilionário contrato. O vice-presidente sênior e chefe de negócios aeronáuticos da SAAB, Lennart Sindahl comunicou a alegria do grupo com a conquista do primeiro cliente internacional para a nova geração de seu caça Gripen. O executivo também recepcionou perguntas dos mais importantes grupos jornalísticos de todo o mundo.
 
Entre importantes questões, a revelação do plano de produção, que prevê que apenas 15 das 36 aeronaves serão totalmente construídas no Brasil, sendo as primeiras 21 construídas parcialmente na Suécia, com linha de produção final no país, na Embraer. A previsão inicial de entrega é do primeiro caça para 2019 (sem completa integração multirole, de armas e sistemas), e do último para 2024 (sendo ao tempo todas as aeronaves declaradas full-capable com a completa integração multifuncional).
 
Nem tudo, porém, pôde ser respondido, devido às cláusulas de confidencialidade com a Força Aérea Brasileira, segundo Sindahl.
 
1 bilhão de dólares mais caro
 
O anúncio trouxe entre as mais contundentes novidades, o aumento do preço total do contrato, inicialmente falado em 4,5 bilhões de dólares. Alegando questões de relações com o cliente – Força Aérea Brasileira – o vice-presidente sênior da SAAB disse não ser possível apontar o que determinou o incremento de quase 1 bilhão de dólares ao valor do contrato, hoje assinado.
 
A FAB anunciou que serão investidos 13 Bilhões de Reais no Projeto. Pela conversão do dólar médio de R$2,30 coloca o preço de cada unidade em U$ 140 a 164 milhões de dólares. Descontando o investimento em logística e treinamento deverá situar o valor de cada caça em cerca de 100 a 120 milhões de dólares. (nota Editor DefesaNet)
 
Propriedade intelectual e o caminho para a 5ª Geração
 
Ao ser perguntado por esta Agência de Notícias sobre o que, na prática, representará a assinatura deste contrato em termos de propriedade intelectual compartilhada de partes do projeto com o Brasil, uma vez que a justificativa de escolha do Gripen recaía principalmente na maior transferência de tecnologia e desenvolvimento conjunto, Linnart Sindahl novamente alegou a confidencialidade e se furtou a esclarecer o tema.
 
Quando indagamos sobre sua impressão pessoal, bem como a da SAAB, em que pese a compra do caça sueco na pavimentação do caminho da indústria nacional para o futuro, particularmente a absorção de conhecimentos que subsidiem o desenvolvimento de um caça de 5ª Geração, para após o Gripen, Sindahl destacou a evolução e amadurecimento da EMBRAER, que vem coletando experiência com os diversos projetos e programas dos quais a empresa tem tomado parte, e que a produção do Gripen NG irá somar-se de forma importante ao nível de especialização e ao crescimento da indústria aeronáutica brasileira.


 



Material Relacionado

FAB Nota

Brasil assina contrato para aquisição de 36 caças Gripen NG Link
 
SAAB Nota

SAAB NG - SAAB e BRASIL assinam contrato Link

GRIPEN NG - SAAB and BRAZIL sign contract Link



Outras coberturas especiais


Nuclear

Nuclear

Última atualização 21 SET, 10:54

MAIS LIDAS

Gripen NG Brazil