COBERTURA ESPECIAL - GL1907 - Aviação

21 de Maio, 2011 - 18:45 ( Brasília )

GL1907 - Preparação é "a toque de caixa", diz associação


DE SÃO PAULO

O treinamento dos controladores de tráfego aéreo é rápido e inadequado, afirma Edleuzo Cavalcante, 41, presidente da ABCTA (Associação Brasileira dos Controladores de Tráfego Aéreo).

A Aeronáutica, à qual os controladores são subordinados, reduziu, nos últimos três anos, o tempo de prática supervisionada de 300 horas para cerca de 60 horas, diz.

"Estamos muito perto de uma nova tragédia", afirma. "A preparação é a toque de caixa. Não se adquire experiência assim." Ex-sargento, Cavalcante foi expulso da FAB por ser considerado um dos líderes de um motim em março de 2007.

Segundo ele, controladores com pouco mais de dois anos de experiência são colocados em posição de supervisão. Até 2006, disse, o tempo médio para assumir a chefia era de dez anos. Há 3.100 controladores, 900 a menos que a meta para 2010.


Procurada para comentar, a FAB não respondeu.

Frases

"A decisão de inocentar [Jomarcelo] foi justíssima, mas o juiz exagerou nas expressões"

"O problema é que o encargo que foi dado para ele era insuportável para alguém com a experiência que ele possuía à época"

ROBERTO SOBRAL
advogado de Jomarcelo

"A gente sabia da dificuldade do número de operadores e havia, sim, essa pressão [para homologar Jomarcelo]"

"Chegou a um ponto em que eu não quis mais avaliá-lo
"
SARGENTO WELLINGTON RODRIGUES
instrutor de controladores de tráfego aéreo, em depoimento à Justiça Federal

DefesaNet

FAB - Nota Formadores Controle de Voo

GL1907 - Aeronáutica diz que investe em pessoal

GL1907 - Segurança aérea ficou na mão de inapto, diz instrutor

GL1907 Preparação é "a toque de caixa", diz associação



Outras coberturas especiais


OTAN

OTAN

Última atualização 25 SET, 11:45

MAIS LIDAS

GL1907