COBERTURA ESPECIAL - Guerra Hibrida Brasil - Terrestre

06 de Junho, 2018 - 10:30 ( Brasília )

EB atuou para garantia e manutenção de serviços essenciais à sociedade no Norte do País


Entre os dias 25 de maio e 1º de junho, o Comando Militar do Norte (CMN) realizou diversas ações de escolta e segurança no Pará, Amapá, Maranhão e norte do Tocantins, durante a Operação São Cristóvão. Todas foram finalizadas com tranquilidade e estabilidade.

Os militares trabalharam para a garantia e manutenção dos serviços essenciais à sociedade e contaram com o apoio da população. Foram mais de 1,3 milhão de litros de combustível escoltados pelos militares do CMN, que mantiveram os trabalhos da saúde e segurança nas áreas mais atingidas pela paralisação dos caminhoneiros.

 

Outro destaque foi o auxílio no transporte de insumos da Companhia de Saneamento do Pará, para que a população de quatro municípios do estado pudesse consumir água tratada em suas residências. O cenário positivo é resultado do trabalho integrado e contínuo com os órgãos de segurança pública, como a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social e a Polícia Rodoviária Federal.

As ações integradas garantiram a integridade da sociedade e dos caminhoneiros, que deram o apoio necessário para o abastecimento básico da população da Amazônia Oriental durante os 12 dias de manifestações.

Operação Corredores Livres em conjunto com órgãos de segurança pública de Pernambuco



No quinto dia após o Decreto Presidencial nº 9.382, de 25 de maio, que autorizou o emprego do Exército Brasileiro em garantia da lei e da ordem (GLO) para a desobstrução das principais vias públicas, a fim de evitar o desabastecimento de itens essenciais à população, o Comando Militar do Nordeste (CMNE) realizou, dia 30 de maio, as seguintes ações, na área do estado de Pernambuco: – escolta para um comboio de 17 veículos, sendo 14 caminhões de óleo diesel e três de GLP (gás de cozinha); – escolta de 10 caminhões transportando cloro liquefeito para cidades do interior; – instalação de postos de segurança nos acessos do Porto de Suape e na BR-101, no trevo da Vitarella e em Igarassu. Ainda no dia 30, foi deflagrada a Operação Corredores Livres, cujo objetivo é atuar em conjunto com os órgãos de segurança pública para permitir o escoamento significativo de cargas dos centros de armazenamento ou produtores para os pontos de comércio.

Nessas ações, cerca de 100 militares do Exército Brasileiro, bem como integrantes da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar de Pernambuco, do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco e da Polícia Civil do Estado, realizaram uma fiscalização motorizada ao longo da BR-101, com a finalidade de reduzir o número de caminhões no acostamento que prejudicam o trânsito seguro nessa via.

Foram empregadas 35 viaturas, dentre blindados, caminhonetes, motos e carro-guincho. O CMNE continua com todo o seu efetivo disponível para cumprir as atividades previstas no ditame legal.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


CCT

CCT

Última atualização 19 OUT, 14:30

MAIS LIDAS

Guerra Hibrida Brasil