COBERTURA ESPECIAL - Guerra Hibrida Brasil - Inteligência

24 de Agosto, 2017 - 13:00 ( Brasília )

GHBR – Bolivarianos e Russos realizam ações para imobilizar o Brasil

Com o objetivo de imobilizar estrategicamente o Brasil e procurar que não realize ações de intervenção na Venezuela a máquina de propaganda Bolivariana e Russa entrou em campo no dia 22AGO2017


Redação DefesaNet


O Dia 22 de Agosto foi chamado “o Dia de Apoio à Venezuela”. Um bem articulado grupo de mídias, em especial as sociais, foram preparadas para repercutir o evento de propaganda, que foi uma “entrevista coletiva”, do Presidente da Venezuela Nicolás Maduro, com a imprensa internacional.

Para isso os grupos de apoio ao Bolivarianismo movimentaram-se em todo o mundo. Uma análise mais detalhada das mídias sociais, que são o principal instrumento de propaganda chavista-bolivariana revela dados interessantes:

- A maior ação esteve focada em três países: Brasil, Colômbia e Argentina;
- Em relação a Colômbia e Argentina a ação maior foi sobre os presidentes Santos e Macri, e,
- O Brasil teve a maior quantidade de tuites tanto das contas @NicolasMaduro, @TeleSURTV como do chanceler Jorge Arreaza (@jaarreaza e @vencancilleria).


O chanceler Jorge Arreaza tinha até o momento o maior crédito de ser genro de Hugo Chávez.

Três pontos atraíram a atenção da ação Bolivariana contra o Brasil:

- As articulações do Chanceler Aloysio Nunes em relação as posições do Itamaraty;
- A reunião de cúpula Brasil-Paraguai, com os presidentes Temer e Cartes, 21AGO2017, em Brasília DF;
- A vinda da ex-Procuradora-Geral Ortega Diáz, a Brasília DF.  

 

Mostrando uma bem coordenada ação de Guerra Híbrida, o site da rede de propaganda e desinformação russo, Sputnik, publicou matéria de "agitprop" com o título:

“Guerra no Rio? Favelas denunciam ´genocídio da juventude negra´ em operações”. Para acessar a matéria no site da Sputnik clique na figura.




 

"Mas o que vem acontecendo nas favelas sistematicamente, considerado por diversas organizações do mundo, é o genocídio da juventude negra e favelada, que o governo e o Estado brasileiro não reconhece, mas é o que vem ocorrendo de forma sistemática pelo Estado brasileiro e cada vez aumentando mais com o cenário de crise", frisou o secretário-geral da Faferj. Texto da Sputnik


Curiosamente um texto muito similar foi adotado pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro (ver Defensoria Pública RJ - Quer explicações das autoridades sobre violações no Jacarezinho Link)

Estes movimentos indicam que a Venezuela passou a ser um objetivo estratégico antes de somente geopolítico e de propaganda para o governo russo. A questão petróleo mais a posição estratégica da Venezuela no Caribe passam a ser pontos fundamentais na competição não somente com os Estados Unidos mas com a China.

Esta afasta-se pouco a pouco da Venezuela e expande sua participação nos campos petrolíferos do  pré-sal brasileiro.  

Um bom tema para o presidente Michel Temer discutir com o presidente da Rússia Vladimir Putin, na próxima reunião de Cúpula dos BRICs, em 3-5 SET 2017, Xiamen,  China.

Os leitores devem lembrar, que no dia 24MAIO2017, agentes Bolivarianos agiram livremente na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (ver Exclusivo – A Guerra Híbrida Chegou ao Planalto Central Link)


Matérias Relacionadas

Recomendamos a leitura da Matéria Paralisa Estratégica

Reflexões sobre a Paralisia Estratégica Link


E também textos do Gen Ex Pinto Silva

Foro de São Paulo prepara-se para o Combate Link

Guerra Híbrida no Contexto Brasileiro Link.


GUERRA HÍBRIDA, Nova via Violenta para a Tomada do Poder Link


Neo Terrorismo Urbano - Inteligência militar e policial se mobilizam Link

   
Guerra Híbrida - É a guerra de Putin. Seria a guerra do Maduro? Seria a guerra do Evo Morales? Link
     
A Guerra em Rede Social e a Situação Atual no Brasil Link


 

Artigos de Interesse

EXCLUSIVO – PT e grupos Irregulares enviam militantes para a Venezuela Link

Grupos de brasileiros ligados ao PT, movimentos irregulares (MST e MTST), e a partidos de esquerda são financiados para irem à Venezuela

Reflexões sobre a Paralisia Estratégica Link

Campanhas do Golfo e o processo de paz. Alguns pensamentos para a realidade brasileira.



 

 

 

 

 




 



VEJA MAIS