COBERTURA ESPECIAL - Guerra Hibrida Brasil - Armas

28 de Julho, 2017 - 12:00 ( Brasília )

Forjas Taurus: Suno alerta para especulação

O Grupo EMPIRICUS, que controla o blog O Antagonista, especula com as ações da Forjas Taurus mencionando próxima alteração na legislação de porte de armas no Brasil. São os grande beneficiários da Guerra Híbrida desenvolvida no Brasil


A Suno Research, que produz pesquisa independente sobre empresas, está alertando seus clientes para o que considera um 'fluxo especulativo sem fundamentos’ nas ações da Forjas Taurus, a fabricante de armas e munições.

As ações da Forjas Taurus estão em alta de 55% em três dias depois que a Inversa, uma newsletter voltada a pessoas físicas e ligada à Empiricus, promoveu a ação. A Empiricus é conhecida por seu marketing agressivo, que a Suno constantemente critica.

Parte da recomendação de compra da Inversa tem a ver com o Projeto de Lei 3722, que tramita no Congresso desde 2012. O texto visa revogar o Estatuto do Desarmamento, o que teria o potencial de ressuscitar o mercado de armas brasileiro. Na propaganda do relatório, a Inversa diz: "Às 10h do próximo dia 1 de agosto, este acontecimento pode trazer lucros de 565% para você.” A frase é acompanhada de um gráfico mostrando uma alta abrupta.

Num relatório Yellow Flag (bandeira amarela), a Suno diz que a história não é bem assim.

“Entramos em contato com assessores do autor do projeto, o Deputado Rogério Peninha, (uma das lideranças da chamada 'Bancada da Bala') buscando avaliar se este projeto seria mesmo votado na semana que vem e fomos informados pelos seus assessores de que a princípio, não há nenhum PL sobre o tema a ser votado nas próximas semanas,” diz o relatório da Suno. "Como o evento que estava gerando este fluxo especulativo não deverá ocorrer na próxima semana (e possivelmente nem nos próximos meses) como foi divulgado pelos propagadores deste movimento especulativo, entendemos que a situação é de extremo risco aos investidores, já que cria falsas expectativas de ganho e os fazem adquirir ativos de alto risco."

O relatório diz ainda que “o projeto é polêmico e o governo não tem interesse, ao menos no momento, em trazer projetos como este para a pauta do congresso. É preciso entender que na situação atual, o governo possui outras prioridades, como a necessidade de aprovar as reformas e focar em temas mais direcionados à economia. Ademais, mesmo que em algum momento este projeto venha a ser votado no senado, o projeto teria grandes chances de ser rejeitado, o que também demonstra que este otimismo é apenas fruto de esperanças que dificilmente irão se concretizar.”

Na máxima de hoje, a ação PN das Forjas Taurus (a mais líquida) chegou a subir 8%, mas recuou depois que a Suno enviou o alerta a clientes. Por volta das 12:30, a alta era de 3%.

Questionada pela CVM sobre a movimentação atípica de suas ações, a Taurus respondeu que “não divulga guidance e não endossa as informações e recomendações contidas” no relatório da Inversa.

A Forjas Taurus é uma ação ilíquida e não faz parte das carteiras de gestores profissionais. Negociou cerca de 17 mil ações/dia no último mês.

Abaixo, a propaganda da Inversa chamando as pessoas físicas para a compra.








Outras coberturas especiais


Nuclear

Nuclear

Última atualização 16 AGO, 16:34

MAIS LIDAS

Guerra Hibrida Brasil