01 de Fevereiro, 2013 - 12:08 ( Brasília )

Geopolítica

Malvinas: recusa argentina em ir a reunião decepciona Londres


O governo britânico se declarou nesta sexta-feira "decepcionado" com a recusa da Argentina de aceitar a presença de uma delegação de funcionários das Ilhas Malvinas durante uma reunião ministerial bilateral prevista para a próxima semana em Londres.

O chefe da diplomacia britânica, William Hague, convidou o colega argentino Héctor Timerman, que deve viajar a Londres na próxima semana, a celebrar uma reunião com autoridades deste arquipélago do Atlântico Sul, cenário de uma guerra entre os dois países em 1982.

Mas Timerman rejeitou a presença de "uma terceira parte", alegando que se trata de "um conflito de soberania", e considerou que a proposta representa uma negativa a uma reunião bilateral que ele havia solicitado.

"Estamos decepcionados que a reunião tenha sido cancelada", disse um porta-voz do Foreing Office. "Estamos abertos a discutir assuntos bilaterais e queremos desenvolver uma relação construtiva com a Argentina, completou.

Os quase 3.000 habitantes das Malvinas (Falkland, para os ingleses) participarão em um referendo nos próximos 10 e 11 de março para decidir se desejam continuar como Território de Ultramar do Reino Unido, uma consulta rejeitada pela Argentina, que considera os moradores como uma "população implantada".