12 de Dezembro, 2012 - 10:36 ( Brasília )

Geopolítica

Irã vai produzir seus próprios drones


O Irã está pronto para começar a produzir seus próprios aviões não tripulados construídos com base no drone estadunidense RQ-170 Sentinel, um dos quais havia sido interceptado em dezembro do ano passado.

Isso foi anunciado por um membro da Comissão Parlamentar de Segurança Nacional, Avaz Heydarpour, cujas declarações na quarta-feira foram postados no site de Majlis (parlamento iraniano). De acordo com o legislador, graças ao trabalho de especialistas, agora, Teerã é capaz de criar cópias deste tipo de VANT.

Três perguntas para - Houchang Hassan-Yari Iraniano radicado no Canadá e especialista em assuntos militares e estratégicos no Oriente Médio
 
Por que os drones, aviões não tripulados americanos, estariam sobrevoando o Irã?
- É difícil saber o que realmente está acontecendo no Irã, principalmente pelo fato de o país não exibir as partes do avião supostamente abatido. Baseado no que o governo iraniano está dizendo, se realmente drones estivessem sobrevoando o país, haveria algumas possibilidades para explicar isso. Uma delas é fato de os Estados Unidos usarem essas aeronaves em regiões de fronteira com o Afeganistão para atacar a milícia talibã ou outros grupos terroristas.
 
Há outras razões?
- Outra possibilidade seria a tentativa dos EUA de coletar informações sobre atividades militares naquela parte do país, mas, até onde sei, não há instalações ou atividades militares importantes nesta região do Irã, que faz fronteira com o Paquistão e o Afeganistão.
 
Isso deve acirrar as tensões do Irã com o Ocidente e Israel?
- As tensões já estão extremamente altas, mas não acredito que os EUA tenham realmente mandado esses drones para aquela área, muito menos que eles tenham sido derrubados. Não acho que esse incidente vá mudar drasticamente o atual cenário de tensão.


Leia também: O tendão de Aquiles dos Vants?