21 de Novembro, 2012 - 09:16 ( Brasília )

Geopolítica

Almirante-de-Esquadra Kelly recebe o comando do USSOUTHCOM e enaltece o Tenente-Brigadeiro-do-Ar Fraser


Claudia Sánchez-Bustamante


Os familiares, amigos, colegas de trabalho e companheiros de escola do Tenente-Brigadeiro-do-Ar Fraser da Força Aérea dos EUA e do Almirante-de-Esquadra dos Fuzileiros Navais dos EUA John Kelly uniram-se a membros do governo local, líderes de nações parceiras e outros membros da equipe para a cerimônia solene e descontraída da mudança de comando realizada no Comando Sul dos EUA, em uma tarde fresca em Miami, em 19 de novembro.

O Ten Brig Fraser concluiu a sua extensa carreira militar de 41 anos entregando a bandeira do SOUTHCOM ao seu sucessor, Alte Esq Kelly, que veio para Miami depois de exercer a função de Assistente Militar Sênior do secretário da Defesa Leon Panetta, desde março de 2011.

Tendo ao lado o próprio secretário da Defesa Panetta e o General-de-Exército dos EUA Martin E. Dempsey, chefe do Estado Maior das Forças Armadas, ambos os líderes receberam homenagens pelas suas realizações e agradecimentos pelo seu trabalho e dedicação ao país. Enquanto o Ten Brig deixa uma marca profunda no relacionamento, parceria e fidelidade construídos junto à América Latina, o Alte Esq Kelly recebeu as boas-vindas pela missão monumental de levar a tocha mais adiante e aproximar-se ainda mais das Nações Parceiras da América Central e do Sul e o Caribe, já que “os desafios de segurança neste hemisfério são transnacionais e afetam a todos”, declarou o secretário Panetta.

O secretário Panetta destacou o fato de o Ten Brig Fraser ter sido o primeiro oficial da Força Aérea dos EUA a comandar o SOUTHCOM “devido ao seu extraordinário histórico de conquistas e seu instinto natural e a sua natureza contida, calma e controlada, que permitiram que ele superasse constantes turbulências” disse Panetta. “Apenas alguns meses depois da sua chegada, o Ten Brig Fraser se deparou com um dos desafios operacionais mais significativos que o SOUTHCOM enfrentou, quando ele teve que confrontar o terremoto devastador no Haiti”, lembrou o secretário da Defesa.

“O SOUTHCOM respondeu, e o fez imediatamente, com a Operação Resposta Unificada, a maior missão de assistência humanitária e de ajuda em catástrofes que este comando jamais assumiu: 2,3 milhões de refeições, quase 8 milhões de quilos de comida, 2,6 milhões de garrafas de água, 68 milhões de quilos de materiais médicos, entre muitos outros serviços…,” Panetta disse.

Por outro lado, o Gen Ex Dempsey destacou a importância da formação de confiança e das realizações concretizadas pelo Ten Brig Fraser durante a sua gestão como 21º Comandante do Comando Sul dos EUA. “Relacionamentos criam amigos e amigos criam parceiros”, declarou.

Ao dar as boas-vindas ao Alte Esq Kelly, o Ten Brig Fraser reflexionou sobre “o trunfo mais importante deste comando – os homens e mulheres que trabalham neste edifício… que dia após dia se esforçam para tornar a região mais segura, as nossas parcerias mais fortes e a nossa pátria mais protegida” disse o Tenente-Brigadeiro-do-Ar da Força Aérea.

“Eu gostaria de dizer algo muito simples, mas também muito profundo: thank yougracias, obrigado, merci,” ele disse, e dirigiu as suas palavras aos representantes das nações parceiras presentes na audiência: “Vocês me ensinaram muito sobre a região, sobre as suas culturas ricas e vibrantes, sobre as suas histórias impressionantes e suas diversas perspectivas”, afirmou.

O secretário Panetta apresentou o novo comandante ressaltando a sua carreira. “Kelly foi testado na vida e na guerra”, declarou. “Ele se uniu aos Fuzileiros Navais, tornou-se um oficial, e em que oficial ele se transformou… ele foi testado na guerra através de quatro destacamentos em combates: um para a Guerra do Golfo e três no Iraque, onde ele comandou a Força Multinacional do Oeste… ele é, eu acredito, a verdadeira personificação do guerreiro cidadão.”

O Alte Esq Kelly também agradeceu o secretário Panetta e o Gen Ex Dempsey pela sua presença, mas, principalmente, ele agradeceu aqueles que, profissionalmente, fizeram com que ele seja o que ele é hoje, e “as pessoas mais importantes” na sua vida, a sua família: Karen (esposa), John (filho), Kate (filha), Heather e Andrea (noras). “O seu amor e o seu apoio têm sido a bênção mais maravilhosa tanto da minha vida como da minha carreira. Obrigado… hoje e cada dia.”

O seu trabalho [no palanque], ele disse, é simples: resumir e ajudar a reconhecer as inúmeras realizações do Ten Brig Fraser. “O Comando Sul sempre fez o que [a liderança do Departamento de Defesa] queria que fosse feito, sempre agindo com a velocidade máxima na direção que eles queriam que se tomasse. Isto não acontece por acaso e é proveniente de um comandante excelente, que nunca retira a mão firme do timão”, ele afirmou. “O Ten Brig Fraser é o epítome da integridade, do intelecto, da honra e da humildade, e é um privilégio segui-lo.”

“Ao mesmo tempo em que tentarei alcançar os objetivos que ele fixou para o comando, com o seu entendimento incrível e profundo dos problemas concernentes ao nosso cenário, eu estou ansioso pelo desafio de continuar o seu grande trabalho no SOUTHCOM,” concluiu o 22o Comandante.