12 de Setembro, 2012 - 19:07 ( Brasília )

Geopolítica

Oposição israelense acusa Netanyahu de ingerência em eleições dos EUA


O chefe da oposição israelense, Shaul Mofaz, acusou nesta quarta-feira o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu de "ingerência" nas eleições americanas e de comprometer as relações com os Estados Unidos depois das críticas deste ao presidente Barack Obama relacionadas ao Irã.

Obama e Netanyahu se disseram unidos diante do programa nuclear iraniano em uma conversa por telefone pouco depois de na terça-feira terem anunciado que não se reuniriam este mês durante a Assembleia Geral da ONU, oficialmente por questões de agenda.

"A ingerência israelense em assuntos internos americanos e (o fato de) fazer do governo americano de aliado a inimigo nos prejudica muito", declarou Mofaz, líder do partido centrista Kadima, durante uma reunião parlamentar.

"O nome do (próximo) presidente americano não cabe a nós israelenses", considerou, afirmando que a exigência pública de Netanyahu feita a Washington de "linhas vermelhas" sobre o programa nuclear iraniano tinha como finalidade enfraquecer Obama na campanha por sua reeleição, já que seu adversário Mitt Romney o acusa de ter abandonado Israel frente a Teerã.