10 de Setembro, 2012 - 10:00 ( Brasília )

Geopolítica

"Minha gratidão ao Brasil"


O fato de estar privado da liberdade, limitado de todos os direitos que nós merecemos — como seres humanos — e submetido às piores condições e atitudes deploráveis por parte das Farc... De estar sujeito à humilhação, à ameaça constante de morte, ao maltrato moral e psicológico é algo angustiante, desesperador e, ao mesmo tempo, repudiável.

Minutos antes de me tirarem as correntes, eu pensei que não poderia seguir guardando ressentimento e ódio, pois isso não me permitiria continuar com uma vida feliz e em paz. Uma vez posto em liberdade, na cidade de Villavicencio, no departamento de Meta, eu me propus que tudo o que havia vivido seria um capítulo à parte. Voltar à liberdade é voltar a viver. Buscarei que as más recordações não interfiram no resto da minha vida.

Quero deixar uma saudação muito carinhosa e minha gratidão infinita ao povo do Brasil pelo apoio, pela assistência, pelos meios que nos ofereceram para que esse sonho de liberdade fosse realizado. Um abraço a todos...

Luis Alfredo Moreno Chagueza, sargento do Exército colombiano, sequestrado em 3 de agosto de 1998 e libertado em 3 de abril de 2012. Depoimento enviado por e-mail ao Correio Braziliense.