16 de Agosto, 2012 - 08:20 ( Brasília )

Geopolítica

Uruguai troca Malvinas por Falklands e incomoda Argentina


Chanceleres uruguaios se desculparam nesta quinta-feira pelo "erro de nomenclatura" cometido em um documento oficial no qual se referiram às Ilhas Malvinas como Falklands. Segundo informações do jornal El Observador, autoridades argentinas demonstraram irritação com o caso.

Apesar do apoio declarado aos vizinhos argentinos na questão do arquipélago, José Pepe Mujica, presidente do Uruguai, causou constrangimento ao assinar um decreto, no último dia 25 de junho, que utilizou o nome britânico das ilhas e se referiu ao local como um "território dependente ao Reino Unido", ao lado de outras dependências da América do Sul, como Ilha de Páscoa (Chile), Ilhas Galápagos (Equador) e Guiana Francesa (França). O documento tratava de territórios onde o Uruguai não possui representação consular.

Através de um comunicado oficial, o Ministério das Relações Exteriores do Uruguai afirmou que "não existe nenhuma dúvida sobre a posição do Uruguai a respeito da soberania argentina sobre as Ilhas Malvinas e a sua correta denominação". Após pedir desculpas, a representação uruguaia disse que "o erro foi causado por problemas internos que foram sanados".

O Uruguai não permite que navios com bandeira britânica oriundos das Ilhas Falklands atraquem em seus portos. A reivindicação argentina pela posse do arquipélago, atualmente administrado pelo Reino Unido, ganhou força neste ano, quando a guerra travada entre os dois países pelas ilhas completou 30 anos.