25 de Abril, 2011 - 10:54 ( Brasília )

Geopolítica

Terror - Santos diz que pediu Chávez que detivesse suposto chefe das Farc


Bogotá, 24 abr (EFE).- O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, disse neste domingo que o suposto chefe da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) Joaquín Pérez Becerra foi detido no sábado na Venezuela por um pedido que fez ao seu colega do país vizinho, Hugo Chávez.

Santos afirmou que chamou Chávez na véspera para pedir que capturasse "Alberto Martínez", conhecido como Pérez Becerra. O colombiano procurado foi detido no Aeroporto Internacional de Maiquetia, que serve Caracas, em avião procedente da Alemanha.

"Eu disse o nome e pedi que colaborasse na sua captura", acrescentou o presidente colombiano, que revelou os detalhes da ação durante uma visita à Cajicá, uma das localidades afetadas pelas inundações causadas pelas fortes chuvas que castigam o país.

Chávez "não hesitou", assegurou Santos, que agradeceu ao colega venezuelano ainda hoje de manhã por telefone.

O detido, que vive em exílio na Europa, dirige a Anncol, agência de notícias que habitualmente reproduz os comunicados oficiais das Farc.

Segundo Santos, Pérez Becerra "é o líder da frente internacional das Farc na Europa".

Como tal "foi o responsável por muitos anos de toda a má propaganda que fizeram da Colômbia na Europa", continuou o governante, "estávamos atrás dele há muito tempo".

O detido era procurado pela Polícia Internacional (Interpol) e enfrenta na Colômbia um processo por 'financiamento de terrorismo' e 'administração de recursos relacionados com atividades terroristas'.