09 de Julho, 2012 - 10:48 ( Brasília )

Geopolítica

Dominó Árabe - Hillary adverte a regime sírio que seus dias "estão contados"


A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, afirmou neste domingo que os dias do regime de Bashar al Assad "estão contados" e pediu o fim da violência "o mais rápido possível" para evitar que o confronto degenere em um ataque "catastrófico" ao Estado.

Em declarações à margem da Conferência de Tóquio sobre o Afeganistão, Hillary afirmou que a oposição síria é cada vez mais efetiva na hora de se defender e também em sua ofensiva contra o governo de Assad, o Exército e as milícias afins ao regime.

"Quanto mais rápido possível terminar a violência e começar o processo de transição não só morrerá menos gente, mas haverá a possibilidade de salvar o Estado sírio de um ataque catastrófico muito perigoso não só para a Síria, mas para toda a região", afirmou.

Hillary acrescentou que a advertência do enviado especial da ONU para a Síria, Kofi Annan, de que os esforços de paz estão fracassando "deve ser um apelo de atendimento para todos".

Também lembrou que junho foi o pior mês para a Síria em número de mortos e feridos em um conflito que originou também 1,5 milhão de deslocados no país e dezenas de milhares de refugiados que cruzaram a fronteira.

"Queremos deixar claro ao regime sírio que ele precisa pôr fim à violência e começar a séria tarefa de uma transição política", insistiu a secretária de Estado americana, que esta semana participou de Paris na conferência ministerial dos chamados "Amigos da Síria".