04 de Junho, 2012 - 11:18 ( Brasília )

Geopolítica

Tambores de Guerra - Irã faz alerta sobre ataques israelenses


O líder supremo do Irã, o aiatolá Khamenei, alertou ontem em Teerã que qualquer ataque de Israel será respondido rapidamente pelo país e sugeriu que o programa nuclear iraniano "não pode ser limitado por embargos do Ocidente".

"Se eles derem qualquer passo errado, qualquer movimento inadequado, (a resposta) cairá sobre suas cabeças como um raio", declarou o aiatolá, em referência a Israel, durante um discurso para marcar o 23.º aniversário da morte de seu antecessor, o aiatolá Ruhollah Khomeini, que foi líder da Revolução Islâmica de 1979.

Os líderes ocidentais buscam um acordo diplomático que reduza as preocupações com as ambições nucleares de Teerã, mas autoridades israelenses afirmam que todas as opções estão em aberto para tentar aumentar a pressão e interromper o enriquecimento de urânio no país.

As potências ocidentais temem que o Irã possa produzir armas nucleares, mas Khamenei disse que essa acusação é uma mentira e repetiu que seu país apenas pretende construir reatores para produção de energia e para pesquisas médicas.

EUA. A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, afirmou ontem que não pretende tirar conclusões precipitadas sobre o impacto que o discurso de Khamenei terá nas negociações que ocorrerão em Moscou em duas semanas.

Em visita oficial à Suécia, ela destacou que o Irã tem consistentemente dito que agirá para se defender de um ataque. "Líderes frequentemente dizem coisas com propósitos internos", disse Hillary, que afirmou acreditar que o Irã trabalhe para alcançar uma solução diplomática para a questão.

As próximas negociações sobre o programa nuclear iraniano ocorrerão em Moscou, nos dia 18 e 19, entre o grupo P5+1 (EUA, Grã-Bretanha, França, Rússia, China e Alemanha), e o Irã.