30 de Maio, 2012 - 11:02 ( Brasília )

Geopolítica

Tambores de Guerra - Israel: é preciso deter o Irã antes que seja tarde


O ministro israelense da Defesa, Ehud Barak, afirmou nesta quarta-feira que é preciso deter o polêmico programa nuclear iraniano antes que seja tarde demais.

"Não é possível dormir tranquilo quando os iranianos continuam avançando em seu programa. É preciso encontrar o momento propício antes que já não seja mais possível agir", declarou Barak em um discurso na Universidade de Tel Aviv. O ministro da Defesa reiterou novamente que "todas as opções estão sobre a mesa", referindo-se a um possível ataque israelense contra as instalações nucleares iranianas.

Em relação aos Estados Unidos, Barak reafirmou que há "diferenças de enfoque". "Nossa escala de tempo é diferente" frente ao programa nuclear iraniano. "O governo americano sabe que, no final, Israel é o único responsável por sua segurança", acrescentou. "Ninguém no mundo questiona o fato de que Israel, ao contrário de outros países, não pode se permitir ignorar este desafio" iraniano, afirmou Barak.

Na terça-feira, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu acusou o grupo "5+1" (Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha) de ter reduzido suas exigências, pedindo na semana passada durante uma reunião em Bagdá que o Irã não enriqueça o urânio em mais de 5% e que transfira para o exterior suas reservas atuais de cerca de 100 kg de urânio enriquecido a 20%.

O enriquecimento do urânio está no centro das preocupações da comunidade internacional sobre a finalidade do programa nuclear iraniano, que Teerã apresenta como civil, mas que as potências ocidentais suspeitam que tenha um objetivo militar.