07 de Maio, 2012 - 10:51 ( Brasília )

Geopolítica

Putin aceitou a mala nuclear

Rússia não pretende desistir de armas nucleares

Vladimir Putin, que na segunda-feira se tornou o Presidente da Federação Russa e passou a ser o comandante supremo, recebeu a mala nuclear - um dispositivo que contém os códigos para ativar o arsenal nuclear da Rússia.

A mala nuclear do Presidente russo faz parte de um sistema automatizado de controle sobre forças nucleares estratégicas. Há três tais dispositivos - um tem o chefe do Estado, segundo tem ministro da Defesa, e o terceiro tem o chefe do Estado-Maior General. Apenas recebendo o sinal codificado com três confirmações o sistema será posta em ação.

A Rússia não tenciona abandonar as armas nucleares, declarou o ex-presidente russo, Dmitri Medvedev. o ex-presidente expressou sua confiança que a Rússia ainda está à frente de grandes sucessos em diferentes áreas, entre as quais literatura, arte, educação, bem como armas nucleares.

“Armas nucleares ainda serão útis para nós. Não pretendemos usá-las, mas deixa estar. Nós temos um país grande, complicado, que necessita um respeito, uma proteção,” declarou Medvedev.