26 de Abril, 2012 - 10:28 ( Brasília )

Geopolítica

Rafales over Syria? França defende ação militar na Síria

O caça Rafale foi a ponta de lança europeia na ação contra Kadafi

A França disse ontem que o Conselho de Segurança da ONU deve avaliar a possibilidade de uma intervenção militar na Síria, caso fracasse um plano de paz da organização para conter a violência no país. "Nós não podemos deixar que o regime nos desafie", disse o ministro das Relações Exteriores, Alain Juppé.

As declarações ocorrem em meio a relatos de que tropas do governo de Bashar al Assad continuam atacando alvos civis e ativistas em diversas cidades, apesar de um cessar-fogo patrocinado pelo enviado da ONU, Kofi Annan.

Juppé defendeu o envio de 300 observadores ao país em até duas semanas. Caso isso não funcione, ele defendeu a aplicação de sanções. Na foto, uma menina com os dizeres "libertem a Síria" nas mãos e "liberdade" no rosto participa de protesto contra o governo na cidade de Indib, no norte do país