11 de Abril, 2012 - 06:41 ( Brasília )

Geopolítica

Dominó Árabe - ONU: violência na Síria pode afetar estabilidade no Iraque


A Organização das Nações Unidas alertou nesta terça-feira que o aumento da violência na Síria pode ter um "perigoso" impacto sobre a estabilidade do Iraque, já que um agravamento do conflito afetaria o equilíbrio no país e entre as comunidades. Em discurso na reunião entre os membros do Conselho de Segurança sobre a situação na Síria nesta terça-feira, o enviado especial da ONU para o Iraque, o alemão Martin Kobler, falou que os efeitos dessa violência poderiam ser sentidos sobre "o frágil equilíbrio de poderes" existente no Iraque. Além de levar a um aumento das tensões entre as duas comunidades.

"A violência na Síria já começou a afetar os refugiados iraquianos que vivem no país", acrescentou o enviado especial. No entanto ele ressaltou que sua equipe já trabalha em "um amplo plano de contenção para diminuir os possíveis efeitos" da violência no país vizinho. Diante do Conselho de Segurança, Kobler reconheceu que o Iraque ainda enfrenta vários desafios, como a frágil situação política e de segurança. No entanto, ele destacou os avanços em outras frentes e ressaltou que a cúpula da Liga Árabe realizada em Bagdá no final de março foi um exemplo de como o Iraque avançou "após décadas de guerra, ditadura e problemas econômicos".

O alerta de Kobler coincidiu com o vencimento nesta terça-feira do prazo estipulado entre o enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Kofi Annan, com Damasco para que as forças do Governo de Bashar al Assad se retirassem das cidades. Contudo, as autoridades sírias não deram sinais de cumprir com a meta. A comunidade internacional, liderada pelo Conselho de Segurança da ONU e Annan, reiterou o pedido a Damasco para que, apesar do primeiro fracasso, o regime sírio ponha fim às hostilidades nesta quinta-feira, 12 de abril.