08 de Março, 2012 - 09:37 ( Brasília )

Geopolítica

Príncipe Harry faz exercícios de tiro com soldados jamaicanos


O príncipe Harry da Inglaterra se exercitou nesta quarta-feira com soldados jamaicanos em um centro de treinamento da Jamaica, onde modificou ligeiramente sua agenda em sinal de respeito aos seis britânicos que teriam morrido no Afeganistão.

Por enquanto só se sabe que seis militares da missão da Otan no Afeganistão (Isaf) morreram na explosão de uma bomba que atingiu um veículo blindado que patrulhava Helmand.

No entanto, acredita-se que poderia tratar-se dos seis soldados que estavam desaparecidos nesse país, segundo disse o Ministério da Defesa do Reino Unido anteriormente.

Durante a visita de Harry a Kingston, as autoridades locais se viram obrigadas a estabelecer um toque de recolher em um bairro da capital, depois da morte de seis pessoas, entre elas uma menina de 13 anos, durante um intenso tiroteio entre delinquentes e policiais na noite de terça-feira.

O incidente não interferiu na visita oficial do príncipe Harry, que chegou na segunda-feira a Jamaica, onde planeja passar quatro dias, antes de viajar ao Brasil.

Após sua visita ao centro de treinamento, Harry viajou ao norte da Jamaica para visitar um porto de navios cruzeiros e a turística localidade de Montego Bay.

Na terça-feira, o príncipe "venceu" o famoso atleta jamaicano Usain Bolt em uma corrida de brincadeira durante um ato no estádio West Indies.

Além disso, se reuniu com a nova primeira-ministra da Jamaica, Portia Simpson Miller, que após o encontro reiterou à imprensa sua opinião que o país deve cortar todos os laços com a Coroa britânica.

Embora tenha alcançado a independência em 1962, a Jamaica ainda está vinculada ao Reino Unido, de modo que a monarca britânica é a chefe do Estado do país.

O terceiro na linha de sucessão ao trono britânico realiza sua primeira viagem oficial sozinho e em representação de sua avó, Elizabeth II, que recentemente completou 60 anos de reinado. A viagem do príncipe inclui as três ex-colônias britânicas no Caribe: Belize, Jamaica e Bahamas.

Depois de sua passagem pelo Caribe, Harry visitará o Brasil para estreitar relações entre ambos países e visitará Rio de Janeiro e São Paulo nos dias 9, 10 e 11 de março. Após os atos oficiais, deve permanecer mais três dias no país em visita privada.