28 de Fevereiro, 2012 - 08:21 ( Brasília )

Geopolítica

Rebeldes sírios asseguram ter derrubado 3 helicópteros militares


Pelo menos três helicópteros das Forças Armadas sírias foram derrubados nesta terça-feira pelos disparos de militares desertores na província de Aleppo, perto da fronteira com a Turquia, informou à Agência Efe o "número dois" do Exército Livre Sírio (ELS), Malek Kurdi.

Kurdi explicou que membros do ELS abriram fogo com armas leves contra os helicópteros, em resposta a um ataque do Exército leal ao presidente Bashar al-Assad contra os povoados de Ezaz, Andan e Kashkaraz, em Aleppo.

Segundo o braço direito do ELS, as forças armadas sírias utilizaram carros de combate e helicópteros, que saíram do aeroporto de Mang, em Aleppo, para irromper nos três municípios.

Os soldados desertores conseguiram derrubar as aeronaves com armas leves devido a sua antiguidade, acrescentou Kurdi, ao precisar que um caiu em Andan e outro perto do aeroporto de Mang, enquanto se desconhece o lugar onde se encontra o terceiro.

"Sempre que aumenta a força do ELS, o Exército de Assad responde com o uso de armas de uma maneira mais violenta", destacou Kurdi.

Sobre a situação no reduto opositor de Homs, no centro do país, Kurdi afirmou que a cada dia que passa há mais reforços do Exército, aos quais fazem frente dezenas de membros do ELS.

O dirigente desertor não descartou a hipótese de as forças do regime empregarem no futuro aviões de guerra em vez de helicópteros.

"Agora há bombardeios indiscriminados e execuções coletivas em todos os povoados revolucionários", acrescentou o "número dois" do ELS.