07 de Fevereiro, 2012 - 14:03 ( Brasília )

Geopolítica

A Guerra Fria continua? A contra-inteligência russa revelou 199 espiões em 2011


O presidente russo, Dmitri Medvedev, interveio numa reunião do Conselho de Administração do Serviço de Segurança Federal (FSB).

“Os resultados do funcionamento da contra-inteligência do FSB do ano passado demonstram que a atividade de serviços de inteligência estrangeiros não está diminuindo.

As cifras, que agora vou declarar, não se costuma divulgar. Mas elas mostram o resultado do trabalho do FSB, e é um bom resultado. Em 2011, foi suspendida a actividade de 41 funcionários dos serviços de inteligência estrangeiros e foram identificados 158 agentes dos serviços secretos estrangeiros, incluindo um certo número de nossos cidadãos“, – disse o presidente.