06 de Fevereiro, 2012 - 10:01 ( Brasília )

Geopolítica

Irã: vizinhos usados por 'inimigo' estarão 'sujeitos a retaliação'


O Irã poderá atacar qualquer país cujo território for usado por "inimigos" para lançar um ataque militar contra seu solo, disse o segundo na hierarquia da Guarda Revolucionária do Irã à agência de notícias semioficial Fars neste domingo.

"Qualquer ponto usado pelo inimigo para operações hostis contra o Irã estará sujeito à retaliação pelas nossas forças armadas", afirmou Hossein Salami. A Guarda Revolucionária começou exercícios terrestres de dois dias no sábado, como uma demonstração de seu poderio militar em um momento de aumento da tensão entre Teerã e o Ocidente sobre o polêmico programa nuclear iraniano.

Os Estados Unidos e Israel, inimigos declarados do Irã, não descartam um ataque militar a Teerã se a diplomacia falhar em resolver o impasse nuclear. O Irã afirma que seu programa é pacífico e não tem o objetivo de desenvolver armas. Os seis aliados dos americanos no Conselho de Cooperação do Golfo têm afirmado que não permitirão que seus territórios sejam usados para ataques ao Irã.