30 de Janeiro, 2012 - 09:18 ( Brasília )

Geopolítica

EUA e talibãs afegãos iniciam negociações preliminares


Representantes dos Estados Unidos e dos talibãs afegãos iniciaram neste domingo negociações de paz preliminares no Catar para tentar pôr fim ao atual conflito no Afeganistão, disse neste domingo um ex-líder talibã.

"As negociações ainda não começaram. Estão em processo de construção de um vínculo de confiança", afirmou à AFP Mohamed Qalamudin, ex-líder da temida polícia política dos talibãs, confirmando assim uma informação do New York Times. "A delegação mantém negociações preliminares", disse.

Os Estados Unidos querem que os rebeldes renunciem à violência antes de conversarem oficialmente com eles. Já os talibãs seguem condicionando a abertura de negociações à transferência dos prisioneiros da cadeia americana de Guantánamo (Cuba) para o Catar.

Na segunda-feira, 23 de fevereiro, a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, declarou-se "profundamente decepcionada" com o "fracasso dos Estados Unidos em fechar a prisão de Guantánamo".

Em meados de janeiro, um porta-voz dos talibãs havia indicado à AFP que o escândalo do vídeo que mostra quatro militares americanos de uniforme urinando sobre três cadáveres de supostos rebeldes afegãos não seria um obstáculo para as negociações de paz.