13 de Janeiro, 2012 - 10:48 ( Brasília )

Geopolítica

Ahmadinejad qualifica Correa de "irmão e amigo" no Equador


O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, se reuniu nesta quinta-feira no palácio presidencial do Equador com o colega, Rafael Correa, na última etapa de um giro latino-americano que já o levou a Venezuela, Nicarágua e Cuba. Ao lado de Correa, a quem qualificou de "irmão e amigo", o presidente iraniano, mediante um tradutor, disse levar uma "mensagem de amor, carinho, amizade e solidariedade de uma grande nação chamada Irã a outra nação, a outro povo também grande, como o Equador".

"Agradeço a Deus todo-poderoso que me deu outra vez a oportunidade de estar entre amigos muito solidários e em um país muito amistoso e me encontar com o meu irmão e amigo solidário, o presidente Rafael Correa", disse. "A bênção de Deus esteja com o presidente revolucionário e o povo equatoriano, estaremos juntos para sempre", insistiu Ahmadinejad.

Correa assegurou, por sua vez, que o Irã poderá "contar com este país irmão para todos os esforços pela paz, com o desenvolvimento, com a união de toda a humanidade, sem patrões, sem donos do mundo, uma sociedade humana buscando o progresso, a justiça, pela paz, pela soberania, pela união dos povos sempre, bem-vindo ao Equador". Chegando ao palácio presidencial de Carondolet, Correa e Ahmadinejad trocaram um abraço. Dezenas de pessoas reunidas nos arredores do edifício o saudaram.

O chefe de Estado iraniano chegou perto do meio-dia local (15h de Brasília) à base aérea de Guayaquil (sudoeste), onde foi recebido pelo chanceler equatoriano, Rafael Patiño, e recebeu honras militares. De Guayaquil, o presidente iraniano viajou a Quito em um avião da Força Aérea Equatoriana.