05 de Abril, 2011 - 12:40 ( Brasília )

Geopolítica

Líbia - Otan ataca Misrata, considerada "prioridade número 1"


A Otan efetuou nas últimas horas vários ataques contra as forças de Muammar Kadafi em Misrata, a terceira maior cidade da Líbia e considerada pela Aliança Atlântica como a "prioridade número um" devido a situação vivida no terreno.

Segundo explicou o general Mark van Uhm, dos 14 ataques efetuados na segunda-feira por aviões da organização, vários ocorreram na região de Misrata, onde foram bombardeadas defesas antiaéreas, tanques e veículos armados.

Na segunda-feira, os rebeldes haviam criticado a Otan por não frear os ataques das forças de Kadafi sobre alvos civis em locais do oeste da Líbia, como Misrata.

Manifestantes reunidos em Benghazi pediram ajuda à Aliança Atlântica para desativar a artilharia pesada e os tanques do regime, que bombardeiam sem descanso diferentes bairros de Misrata há quase mês e meio, causando centenas de mortos e feridos.

Segundo Van Uhm, a cidade é um dos pontos onde as forças de Kadafi estão escondendo seus tanques entre áreas povoadas e usando "escudos humanos" para impedir que a Otan identifique as unidades.

Ao mesmo tempo, a Aliança Atlântica atacou na segunda-feira forças do regime que estavam disparando na cidade de Brega, o enclave petrolífero em torno do qual a linha de frente oriental permanece estacionada há dias.

Os rebeldes cercaram esse ponto nesta terça-feira e acreditam que irão recuperar em breve a localidade, disse um porta-voz insurgente.

Fontes aliadas afirmaram nesta terça-feira que o número de missões áreas se mantém estável, apesar de os Estados Unidos terem decidido retirar seus aviões das operações ofensivas.