29 de Dezembro, 2011 - 19:10 ( Brasília )

Geopolítica

EUA criticam especulações de Chávez sobre câncer induzido


As teoria do presidente venezuelano Hugo Chávez de que os Estados Unidos possam ter desenvolvido uma "tecnologia para induzir ao câncer" de que sofrem líderes da esquerda são "horríveis" e "reprováveis", declarou nesta quinta-feira a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland. "Direi simplesmente isso", reagiu Nuland, ao ser ouvida sobre o assunto em entrevista à imprensa.

O presidente Hugo Chávez especulou sobre a existência de uma "tecnologia" desse tipo, no dia seguinte do anúncio de que a argentina, Cristina Kirchner, sofre da doença que vitimou também outros líderes sul-americanos. "Não seria estranho se tivessem desenvolvido uma tecnologia para induzir ao câncer e ninguém soubesse disso até agora", declarou Chávez a respeito dos Estados Unidos, alvo recorrente das suas críticas.

O presidente da Venezuela, que afirma estar recuperado de um câncer diagnosticado em junho, disse que não pretendia "fazer acusações temerárias", mas considerou "muito estranho" o fato de cinco lídereres sul-americanos terem sido diagnosticados com a doença recentemente. "É muito difícil explicar o que está acontecendo conosco na América Latina, mas não deixa de ser estranho, muito estranho", completou Chávez durante um discurso realizado ante as Forças Armadas.