29 de Dezembro, 2011 - 18:56 ( Brasília )

Geopolítica

Dominó Árabe - EUA vendem caças a sauditas e enviam forte mensagem à região


A venda de 84 caças F-15 americanos à Arábia Saudita envia uma "forte mensagem" à região, a de que Washington está comprometido com a segurança no Golfo, no momento em que o Irã ameaça fechar o estreito de Ormuz, disse nesta quinta-feira Andrew Shapiro, um funcionário de alto escalão do Departamento de Estado americano. A transação, anunciada pela manhã, "vai melhorar a capacidade de dissuasão da Arábia Saudita e de defesa contra ameaças externas à sua soberania", declarou.

"Os Estados Unidos e a Arábia Saudita assinaram um contrato (...) de fornecimento de aviões de combate avançado F-15SA à Força Aérea Real Saudita", confirmou, depois, um dos porta-vozes de Barack Obama, Ernesto Josh, no Havaí (Pacífico), onde o presidente americano passa as festas de final de ano. Os termos da venda já haviam sido apresentados ao Congresso no final de 2010, e não houve objeções.

"O contrato, de US$ 29,4 bilhões, prevê a produção de 84 novos aviões e a modernização de outros 70" F-15 já utilizados por Riad, disse Josh em comunicado, elogiando as consequências "positivas" do acordo para a economia americana, inclusive com a criação de "50.000 postos de trabalho" permanentes nos Estados Unidos. Coincidência ou não, o anúncio foi feito num momento en que cresce a tensão entre o Irã, adversário regional da Arábia Saudita na produção de petróleo, e os Estados Unidos, aliados de Riad, um de seus principais fornecedores.

Teerã fez alusão, nos últimos dias, à sua capacidade de fechar o estreito de Ormuz, por onde transitam entre um terço e 40% do comércio de petróleo mundial, em caso de novas sanções internacionais contra o país, por seu controvertido programa nuclear.