22 de Dezembro, 2011 - 10:52 ( Brasília )

Geopolítica

Presidente russo destaca necessidade de reforçar as Forças Armadas


O programa estatal de armamento a ser implementado até 2020 incide, sobretudo, na criação de novos tipos de armas e equipamentos militares, com base em modernas tecnologias de ponta.

Neste quadro, uma parte significativa das compras centralizadas a cargo do Estado está a ser realizada com vista a vários anos seguintes. Isto engendra estímulos para um bom desempenho das empresas,
frisou hoje o dirigente máximo russo, Dmitri Medvedev, na sua mensagem à Assembléia Federal.

Entre outros assuntos adiantou ainda que, apesar da crise, o governo russo tem vindo a adotar medidas viradas para aperfeiçoar as FA do país, fazendo com que estas se tornem menores mas mais eficazes, móveis e prontas para combater.


Força Aérea Russa recebe novos aviões Su-27CM3

A empresa aeronáutica russa Sukhoi forneceu à Força Aérea 12 novos caças Su-27CM3, tendo cumprido assim o plano de compras centralizadas.

Os modernos aviões aumentaram, em 3 toneladas, o peso máximo de decolagem devido ao reforço do planador e aos portadores complementares de armamentos.

Além disso, os
modernos caças  possuem propulsores a jacto AL-31F-M1, contando com empuxo e um período de serviço maiores. A cabine, integra um painel de comando com quatro monitores polivalentes.