09 de Novembro, 2011 - 09:37 ( Brasília )

Geopolítica

Poderio militar norte-coreano preocupa almirante dos EUA


Um comandante da marinha dos Estados Unidos para a Ásia afirmou nesta quarta-feira que a Coreia do Norte o preocupa muito mais do que qualquer outro país asiático, incluindo a China e seu poderio militar crescente.

O almirante Scott Swift, que comanda a 7ª Frota da marinha americana, afirmou que enquanto as forças armadas americanas tem uma "aberta e robusta" relação com a China, ele gasta muito tempo pensando sobre a Coreia do Norte por causa de sua "imprevisibilidade".

"A noção de quais podem ser suas ideias é muito limitada. É uma sociedade fechada", disse Swift à agência AP. "Isso é uma preocupação porque eu não conseguiria imaginar para onde qualquer decisão possa estar indo em respeito a Coreia do Norte", acrescentou Swift, que afirma que seu objetivo é adotar boas relações com os países asiáticos para conseguir empregar uma política de antecipação em vez de reação.

Swift afirmou que a China está usando seu poderio militar e diplomático para proteger o seu crescente rol de interesses ao redor do mundo. Mas disse que isso não é algo que o preocupe, uma vez que os Estados Unidos compartilham muitos dos interesses chineses, como o combate ao tráfico humano e ao contrabando de drogas.

Swift fez as declarações sobre a situação militar na Ásia durante visita a Hong Kong. A 7ª Frota é baseada na cidade japonesa de Yokusuka e cobre a maioria dos países nos oceanos Pacífico e Índico. A frota com mais cerca de 60 navios e 40 mil homens.