03 de Novembro, 2011 - 08:59 ( Brasília )

Geopolítica

Dilma ocupa 22º lugar na lista dos mais poderosos

Ranking é da "Forbes"; em 2010, presidente estava na 16ª posição

BRASÍLIA. A presidente Dilma Rousseff aparece em 22º lugar na lista anual das pessoas mais poderosas do mundo divulgada ontem pela revista americana de negócios "Forbes". Entre as 70 personalidades do ranking, Dilma é a única brasileira. Em relação à classificação anterior, Dilma perdeu seis posições. Em novembro de 2010, já na condição de presidente eleita, ela era a 16ª pessoa mais poderosa, segundo a publicação.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recuperou este ano o primeiro lugar, que estava com o presidente chinês Hu Jintao. Jintao e Dilma se reuniram ontem em Cannes, na França, onde, a partir de hoje participarão da reunião de cúpula de líderes mundiais do G20.

Na lista, atrás de Obama, ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente, o premiê russo, Vladimir Putin, e Hu Jintao. Entre os fatores considerados pela revista para eleger os mais poderosos estão os recursos financeiros que controlam; a influência em mais de uma esfera; e quão ativamente exercem seu poder para mudar o mundo, segundo a publicação.

Em agosto, a "Forbes" divulgou o ranking das cem mulheres mais poderosas do mundo, no qual Dilma ocupava o terceiro lugar, atrás da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e da secretária de Estado americana, Hillary Clinton.

No ranking feminino de 2010, quando ainda era ministra do governo Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma ocupava a 95ª posição, atrás da modelo Gisele Bündchen (a brasileira melhor colocada então) e da presidente argentina, Cristina Kirchner (16ª em 2011). No topo da lista estava a primeira-dama americana Michelle Obama, que neste ano caiu para 8º lugar.