16 de Setembro, 2011 - 09:05 ( Brasília )

Geopolítica

Guerrilheiros das Farc morrem após bombardeio a acampamento


Dez guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) - entre os quais estaria o chefe de uma frente - morreram após uma operação conjunta da Força Aérea Colombiana (FAC) com a polícia, no departamento de Nariño, fronteira com o Equador, segundo foi divulgado nesta quinta-feira.

O site do periódico Diario del Sur, o principal dessa região da Colômbia, destaca que os guerrilheiros mortos pertenciam à frente 48 das Farc e que foram bombardeados quando estavam em um acampamento situado na zona rural de Ipiales. A versão precisa que o ataque aéreo aconteceu na noite da quarta-feira no setor compreendido entre La Estrella e Santa Bárbara, perto da fronteira com o Equador.

Entre os mortos estaria o comandante da frente 48, conhecido como "Euclides", que sucedeu ao guerrilheiro conhecido como "Oliver Solarte", abatido pelas forças militares no início deste ano. Quatro corpos de supostos guerrilheiros já foram resgatados e levados ao vizinho departamento de Putumayo, onde serão feitas as autópsias.

Em Bogotá, fontes militares e policiais consultadas pela Agência EFE asseguraram que houve um bombardeio contra um acampamento das Farc nas cercanias da fronteira com o Equador, mas disseram que os detalhes serão fornecidos logo mais pelo próprio ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzón.