28 de Março, 2011 - 11:55 ( Brasília )

Geopolítica

Líbia - Rebeldes aceleram ofensiva rumo a Trípoli

Fortalecidos por ataques ocidentais, insurgentes retomam Ras Lanuf e Bin Jawad e se aproximam de Sirte, terra de Gaddafi Avanço na direção da capital da Líbia deve encontrar resistência maior, apesar de novos bombardeios de aliados

SAMY ADGHIRNI

Fortalecidos pelo sucesso dos ataques aéreos ocidentais a tropas governistas, rebeldes da Líbia aceleraram sua contraofensiva ao oeste retomando duas cidades perdidas na semana passada.

Após recuperar Ras Lanuf e Bin Jawad, importantes polos petrolíferos, os insurgentes instalaram um posto a 150 km de Sirte, terra natal do ditador Muammar Gaddafi e penúltima cidade antes do alvo final: a capital, Trípoli.

Situado na saída oeste de Bin Jawad, numa estrada à beira do mar Mediterrâneo, o ponto é ocupado pelos combatentes insurgentes mais bem armados e preparados.
Os rebeldes, em sua maioria civis treinados às pressas por militares desertores, exibiam claros sinais de nervosismo e agitação em meio à escassez de informações sobre a presença de tropas líbias no caminho até Sirte.

A Folha viu ao menos três princípios de briga entre combatentes que queriam avançar imediatamente rumo a Sirte e outros que defendiam ação mais coordenada.

Insurgentes, vindos do leste em sua maioria, não estão em terreno familiar em Bin Jawad. A cidade é povoada por tribos leais a Gaddafi que abandonaram a área antes da chegada dos rebeldes.

Especula-se que o avanço dos rebeldes a oeste encontrará resistência cada vez mais forte, apesar de novos bombardeios contra Trípoli e ataques em Sirte ontem.
A entrada das forças antigoverno no bastião de simpatizantes de Gaddafi é resultado de um caminho iniciado há sete dias, quando caças franceses destruíram um imenso comboio militar que estava prestes a invadir Benghazi, capital rebelde e segunda maior cidade líbia.

A ofensiva de Gaddafi visava aniquilar o epicentro do levante -inspirado nas revoluções na Tunísia e no Egito-, que já havia contaminado boa parte da Líbia.
Desde a intervenção das forças ocidentais avalizada pela ONU, rebeldes vêm retomando terreno. Após recuperar com dificuldade Ajdabiyah e Brega, seguiram rumo ao oeste sem achar resistência em áreas desertadas pelos soldados de Gaddafi, que deixaram para trás um cenário de morte e destruição.

Na entrada de Ras Lanuf, a Folha viu carcaças de carros do Exército de Gaddafi bombardeados horas antes por caças ocidentais.

QUASE LINCHADOS
Um ônibus com africanos subsaarianos suspeitos de ser mercenários a serviço de Gaddafi foi parado na entrada de Ras Lanuf, e seus ocupantes escaparam por pouco de ser linchados. Rebeldes atiraram para o alto para dispersar a multidão em fúria.

Em Bin Jawad, rebeldes disseram que preferiam não entrar nas ruas do centro por temer presença de atiradores governistas escondidos nas casas. Até o anoitecer, centenas de carros cheios de insurgentes rumavam para oeste.