22 de Novembro, 2017 - 11:00 ( Brasília )

Geopolítica

Iraque vai declarar vitória final sobre Estado Islâmico após campanha no deserto, diz premiê


O Estado Islâmico foi varrido do Iraque de uma perspectiva militar, disse o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, nesta terça-feira, acrescentando que só anunciará a vitória final depois de expulsar os militantes no deserto.

Divergências políticas abrirão caminho para o grupo militante sunita realizar ataques, no entanto, alertou o premiê, em referência à disputa entre o governo central de Bagdá e o semiautônomo Governo Regional do Curdistão sobre uma declaração de independência curda após um referendo em 25 de setembro.

Em entrevista coletiva semanal, Abadi elogiou um veredicto da Suprema Corte que declarou o referendo inconstitucional, e pediu aos curdos que não recorram à violência.


Primeiro-ministro iraquiano Haider Al-Abadi fala durante coletiva de imprensa em Paris, França 5/10/2017 REUTERS/Ludovic Marin/Poo

Presidente do Irã declara fim do Estado Islâmico

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, declarou o fim do Estado Islâmico em pronunciamento transmitido pela televisão estatal nesta terça-feira.

O general Qassem Soleimani, um comandante graduado da Guarda Revolucionária do Irã, também declarou o fim do Estado Islâmico em mensagem enviada ao líder supremo do país nesta terça-feira, que foi publicada no site de notícias da força, o Sepah News.

Vídeos e fotos de Soleimani, que comanda o braço da Guarda Revolucionária responsável pelas operações fora do Irã, na linha de frente de batalhas contra o Estado Islâmico no Iraque e na Síria têm sido publicados frequentemente pela mídia iraniana nos últimos anos.